Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Opinião
Dez anos da APDT

Fábio Túlio Barroso
Idealizador, fundador e presidente honorário da APDT: mandatos de 2010 a 2015

Publicado em: 28/09/2020 03:00 Atualizado em: 28/09/2020 06:24

A Academia Pernambucana de Direito do Trabalho-APDT completou no dia 27 de setembro de 2020 dez anos de existência, com uma gloriosa caminhada. Nasceu na Universidade Católica de Pernambuco. Na época, buscava criar um fórum para debater cientificamente o porvir das relações de trabalho diante de várias promessas de reforma trabalhista, bem como, as transformações que a sociedade pós-industrial apresentava, já com o incremento de inovadoras tecnologias da informação. Assim, convidei dois colegas do então Departamento de Ciências Jurídicas – CCJ (hoje Centro de Ciências Jurídicas), José Soares Filho e Sergio Torres Teixeira, e passamos a discutir a formatação e o estatuto da APDT.

Ficou definido que a APDT é uma associação civil, sem fins lucrativos, com duração ilimitada, constituída por juristas trabalhistas domiciliados em Pernambuco, tendo como finalidades abreviadamente: O estudo, a pesquisa, a investigação científica, o aperfeiçoamento e a difusão do Direito Trabalhista; da sua matéria e dos seus procedimentos judiciais e extrajudiciais de solução de conflitos; A organização de cursos, simpósios, seminários, conferências e congressos no Estado de Pernambuco. A promoção, mediante intercâmbio, convênios e outros instrumentos formais de mesma natureza com órgãos públicos e privados, Universidades ou instituições de ensino, de cursos de extensão universitária ou em nível de pós-graduação, a formalização de intercâmbio com entidades nacionais ou estrangeiras.

Tive a honra de ser seu primeiro presidente. Inicialmente com três membros fundadores, a APDT logo se expandiu e completou o seu quadro de 12  acadêmicos. A Academia já nasceu grandiosa. No dia 17 de fevereiro de 2011 houve a sua solenidade de posse pomposa e concorrida no Auditório G – I da Unicap, sendo a aula inaugural do curso de Direito para aquele ano. Com a presença de várias autoridades locais e nacionais, a palestra intitulada Direito do Trabalho: Valorização e Dignidade do Trabalhador no Século 21, proferida pelo então presidente da Academia Nacional de Direito do Trabalho (ANDT), Prof. Dr. Nelson Manrich, e o lançamento do meu Manual de Direito Coletivo do Trabalho, com noite de autógrafos.

Em 23 de março de 2011 a APDT firma o seu primeiro convênio, justamente com a Unicap. Nos anos seguintes várias foram as atividades acadêmicas que ocorreram em todas as regiões do estado de Pernambuco, bem como a representação e participação de seus membros em atividades nacionais e internacionais, sendo autores de inúmeros textos científicos. Um livro em homenagem ao Acadêmico José Guedes Correa Gondim Filho foi publicado, com coletânea de artigos dos acadêmicos.

Atualmente a APDT conta com 39 acadêmicos e é presidida pelo magistrado do trabalho Hugo Cavalcanti Melo Filho, sendo precedido pela professora Juliana Teixeira Esteves e pelo também magistrado do trabalho José Adelmy da Silva Acioly. Suas atividades científicas de alto nível se expandem com as novas tecnologias que se exigem para o atual momento pandêmico, com a utilização do meio telepresencial, além de estar presente nas principais redes sociais. Um pouco da história da APDT pode ser vista em: http://apdt-apdt.blogspot.com/ e https://apdtrabalhocontato.wixsite.com/website-1.

Como falei na sua cerimônia inaugural: A APDT é um legado que deixamos para a sociedade pernambucana. Salve a APDT!

Rhaldney Santos entrevista Dr Carlos Romeiro, ortopedista
Rhaldney Santos entrevista Celso Muniz (MDB)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #181 - Tiops de rins dos vertebrados
Rhaldney Santos entrevista Dr. Felipe Dubourcq, urologista
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco