Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Solidariedade

Davi, o garoto com altas habilidades, ganha intercâmbio para estudar inglês no Canadá

Publicado em: 02/06/2020 14:03 | Atualizado em: 02/06/2020 17:46

Gian, da Dreams Intercâmbio, entregou o presente para Davi (Foto: Camila Silva/Cortesia)
Gian, da Dreams Intercâmbio, entregou o presente para Davi (Foto: Camila Silva/Cortesia)
Davi Fernandes da Silva, 12 anos, uma das 13.308 pessoas do país com altas habilidades, ganhou uma legião de incentivadores depois do Diario de Pernambuco contar a história dele, no último dia 22 de maio. Sem condições de arcar com os custos de um celular para acompanhar as aulas virtuais de casa, ele vinha estudando em um aparelho velho, que esquentava muito, e por isso terminou comovendo centenas de pessoas. Não só ganhou um notebook, como acaba de receber uma viagem de intercâmbio para estudar inglês no Canadá.

Quem deu o presente foi Gian Cintra, 29 anos, diretor-sócio da Dreams Intercâmbio. “Eu acredito que a educação é o principal meio para o progresso de alguém. Por isso, ofereci a bolsa de estudos. Ela contempla curso intensivo de inglês, acomodação em casa de família e três refeições para o período. Acho que atitudes assim impactam de forma positiva a vida de vários cidadãos.” O próprio Gian já participou de intercâmbio na América do Norte e na Europa antes de abrir a empresa.

Gian entregou o presente a Davi na tarde da segunda-feira (1), no bairro de Paratibe, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife. O presente não inclui as passagens, mas a família tem se mobilizado por uma vakinha online para conseguir recursos para pagar alguns custos, como a prestação do notebook. O pai do garoto, técnico em química, está desempregado. A mãe dele faz faxinas, mas também está afastada do serviço por conta da pandemia.

Davi contou que, depois da matéria do DP, também conseguiu o benefício de 100% da bolsa de estudos em um colégio particular do Recife, onde já vem estudando e concorria mais uma vez ao benefício, e ainda recebeu legos para montagem e treinamento em casa do grupo onde tem aulas de robótica, da Prefeitura do Recife. As aulas de robótica estão suspensas por conta da pandemia.

Davi acha que outras crianças com dificuldades para acompanhar as aulas virtuais poderiam ser ajudadas pelo governo através da liberação de aparelhos e internet para quem não tem. “Também poderia fazer uma parceria com o Porto Digital para liberar internet para as crianças que precisam. E liberar os professores para darem aulas online em tempo real.”

Quanto à viagem, Davi disse que vai aproveitar para aprimorar o inglês. Ele estuda a língua em um programa oferecido pela Universidade de Pernambuco (UPE), mas as aulas também estão suspensas diante do cenário de contaminação pela Covid-19. “E, mais para frente, quero fazer minha faculdade de engenharia, além de ter essa nova experiência com o intercâmbio.”

Um dos primeiros grandes sinais da excepcionalidade de Davi foi quando ele leu a Bíblia Sagrada, do Gênesis a Apocalipse, aos 5 anos. Por sua inteligência acima da média, conseguiu “pular” três anos de colégio. O garoto já apareceu em programas de TV e matérias em jornais. Quem quiser continuar ajudando Davi, pode entrar no https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajude-o-incrivel-davi.

TAGS: davi | superdotado | canadá |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
De 1 a 5: entenda as diferenças entre os tipos de exames para a Covid-19
Bolsonaro convida Temer para missão no Líbano
Rhaldney Santos entrevista o pré-candidato à prefeitura de Jaboatão Adelson Veras
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco