Combate ao crime

Suspeitos de matar e torturar rivais, três homens e dois jovens são presos em prédio invadido no Centro do Recife

Grupo estava no antigo imóvel do INSS, quando foi localizado, nesta sexta (21) pela PM. Havia armas, drogas e munições

Publicado em: 21/06/2024 11:41 | Atualizado em: 21/06/2024 12:39

Facões, armas de fogo e drogas foram aprendidos  (Foto: PM)
Facões, armas de fogo e drogas foram aprendidos (Foto: PM)
Três homens foram presos e dois adolescentes, de 17 anos, foram apreendidos, nesta sexta (21), com armas e drogas dentro de um prédio invadido no Centro do Recife. 

Segundo a Polícia Militar (PM), existe a suspeita de que eles tenham envolvimento com tortura e homicídios de "rivais". 

A operação aconteceu em um imóvel antigo do INSS, localizado no bairro de Santo Antônio. 

Segundo a PM foram apreendidos: 
  • Cinco embalagens de cocaina 
  • 128 big de maconha 
  • 7 munições de 38 intactas e uma pinada 
  • 150 gramas de maconha 
  • 327 pedras de crack 
  • 5 munições calibre 12 
  • Um revólver calibre 12 especial 
  • 3 facões 
  • Celulares 
  • 2 espingardas artesanais e 1 industrial calibre 12

Invasão 

Segundo a PM, o prédio era ocupado por famílias de movimentos sociais. Mas, foram expulsas pelos criminosos que passaram a usar o local para o crime. 

Segundo o tenente-coronel Luiz André Panteleao, comandante da Radiopatrulha, “Não havia nenhuma família de nenhum grupo social no interior do prédio. No momento da deflagração dessa ação, o prédio estava ocupado como um covil. Para tráfico e guarda de armas”.

Crimes

A PM relatou, em entrevista coletiva nesta sexta, que recebeu informações sobre o envolvimento dos invasores com uma facção criminosa que atua no litoral pernambucano. 

Entre os cinco detidos, um adolescente é o mais perigoso, conforme a polícia. 

A polícia ainda recebeu informações de que o grupo estaria envolvido com a morte de dois homens.

Segundo o tenente-coronel, há indícios de que as pessoas mortas faziam parte do grupo, mas teriam repassado informações a rivais e por isso foram torturadas e mortas. 

A PM disse, ainda, que corpos foram  jogados no rio Capibaribe. 

Um corpo foi encontrado na praia de Del Chifre, em Olinda, na terça (18), e o outro, perto do Parque das Esculturas, no Recife, na quinta (20).
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL