Diario de Pernambuco
Busca

Segurança

Governo entrega de insígnias a 2.065 policiais e bombeiros militares recém-promovidos

A cerimônia foi realizada no Quartel do Derby e contou com a presença da governadora Raquel Lyra

Publicado em: 06/06/2024 19:36 | Atualizado em: 06/06/2024 19:39

Ao todo, foram 1.645 policiais militares e 420 bombeiros militares que participaram da cerimônia (Foto: Rafael Vieira/DP)
Ao todo, foram 1.645 policiais militares e 420 bombeiros militares que participaram da cerimônia (Foto: Rafael Vieira/DP)
O gramado do Quartel da Polícia Militar de Pernambuco, localizado no bairro do Derby, no Recife, foi palco da cerimônia de entrega de insígnias a agentes recém-promovidos da Polícia Militar (PMPE) e do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE). O evento foi realizado na tarde desta quinta-feira (6) e contou com a presença de 2.065 profissionais e da governadora Raquel Lyra.

Ao todo, foram 1.645 policiais militares e 420 bombeiros militares que participaram da cerimônia, que também faz parte do programa Juntos pela Segurança. O objetivo desta ação é promover o reconhecimento do trabalho dos profissionais que estão diariamente nas ruas para garantir mais segurança.

"A segurança pública de Pernambuco é prioridade no nosso governo desde o início da gestão. Estamos fazendo investimentos com o Juntos Pela Segurança e hoje é dia de honrar o trabalho dos homens e mulheres que estão cumprindo esse importante papel de garantir a segurança em todo o Estado. A partir do ano que vem serão incorporados novos quadros às corporações que irão contribuir para nosso Estado ser cada vez mais seguro para a população", afirmou Raquel Lyra.

Durante o discurso, o secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho destacou que a promoção também é resultado dos esforços dos profissionais.

"São mais de dois mil agentes promovidos, um número significativo e que revela a preocupação que a governadora tem com os agentes da segurança pública de Pernambuco. Parabenizo a todos os militares que contribuem para trazer um importante resultado durante o mês de maio, de redução de homicídios. Isso é fruto do trabalho incansável desses homens e mulheres", explicou.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Luciano Fonseca, parabenizou os profissionais pela jornada e agradeceu pelo reconhecimento da gestão pelo trabalho empenhado.

“Nesse momento, as palavras de ordem são reconhecimento e gratidão.  Agradecer o reconhecimento vindo da nossa gestão maior, da nossa governadora, da nossa secretaria e das nossas equipes. Não é fácil para que esse momento aconteça. As comissões de promoção, tanto de oficial quanto de praça, é um trabalho muito grande, porque é o momento da gente reconhecer enquanto instituição e dizer para todos os senhores e senhoras, ‘vocês são importantes’”, registrou.

O comandante-geral da Polícia Militar de Pernambuco, Ivanildo Torres, destacou que este foi um momento de “vitória de homens e mulheres que dedicam o seu trabalho em favor do próximo e que juraram proteger os semelhantes, mesmo com o risco da própria vida. A solenidade dedicada à posição de insígnia se repete de sentimento de imensa satisfação para os agraciados, para suas famílias e certamente para quem trabalhou neste processo, até chegar o dia da assinatura dos aTos de promoção. A promoção destes oficiais e praças foi trabalhada com muito cuidado. Levamos em consideração histórias de vidas dedicadas ao serviço público”.

Juntos Pela Segurança
 
De acordo com, a gestão estadual, o Juntos Pela Segurança resultou na redução de 11,6% de homicídios no último mês de maio e a redução de 11% dos Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) entre os meses de janeiro a maio de 2024, quando comparado com o mesmo período do ano passado.

Outra iniciativa que contempla a reestruturação das forças policiais de Pernambuco são os concursos para reforçar as tropas. Serão 3.360 vagas para a Polícia Militar (2.400 praças e 300 oficiais), 660 postos para o Corpo de Bombeiros (600 praças e 60 para oficiais). 

Já na Polícia Civil, são 445 vagas (45 delegados, 250 agentes e 150 escrivães). E a Polícia Científica com 213 vagas (76 agentes de medicina legal, 60 para médicos legistas e 77 peritos criminais).

Estiveram presentes na solenidade o deputado estadual Joel da Harpa, o comandante-geral do CBMPE, Luciano Fonseca, o comandante-geral da PMPE, Ivanildo Torres, e a corregedora da SDS, Mariana Cavalcanti.

MAIS NOTÍCIAS DO CANAL