Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Investigação

Prefeito de Camaragibe é alvo de operação da Civil nesta manhã

Publicado em: 20/06/2019 06:44 | Atualizado em: 20/06/2019 07:22

Foto: Divulgação/Polícia Civil
A Polícia Civil cumpriu, nesta manhã, cinco mandados de prisão preventiva, entre eles, o do prefeito de Camaragibe, Demóstenes e Silva Meira (PTB), além de seu afastamento cautelar. A investigação começou em dezembro de 2018 com o objetivo de prender integrantes de organizações criminosas voltadas para a prática de crimes de fraude em licitação, corrupção e lavagem de dinheiro.

O prefeito foi preso em casa, no bairro da Madalena, no Recife. Além dele, quatro empresários foram presos: Severino Ramos da Silva e a esposa dele, Luciana Maria da Silva, e Carlos Augusto e a esposa dele, Joelma Soares.

Ao todo, 40 policiais civis atuaram, entre delegados, agentes e escrivães. As investigações foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco (DINTEL) e pelo Laboratório de Lavagem de Dinheiro (DRACO). Os detalhes da Operação Harpalo II serão divulgados amanhã, em coletiva para a imprensa.

Investigadores apuraram irregularidades encontradas em nove contratos auditados pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE). Os contratos do setor de engenharia são referentes ao ano de 2017 e eram voltados para a manutenção do edifício-sede da Prefeitura de Camaragibe, limpeza urbana e de escolas municipais. Somados, os contratos resultam em R$ 33 milhões.

Em relação à fiscalização de serviços gerais do setor metropolitano, o TCE também apurou irregularidades em contratos que somam R$ 31 milhões. Os serviços, em teoria, seriam para a compra de medicamentos, suplementos hospitalares, material gráfico, publicidade e propaganda, merenda escolar e locação de imóveis. As empresas favorecidas na concorrência de licitações, que estavam em conluio, eram C.A Construções Civis e a Esfera Construções. Meira ganhou destaque no carnaval deste ano quando convocou os cargos comissionados da prefeitura, via Whats App, para comparecerem ao show da namorada Taty Dantas, que também é secretária de Assistência Social.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Doença da urina preta: síndrome rara pode levar à UTI
Resumo da semana: toque de recolher em PE, suspeitas de síndrome rara  e vacina aprovada
Atividades não essenciais proibidas em Pernambuco todo das 22h às 5h
Unicap inova em plena pandemia e transforma centros acadêmicos em escolas
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco