Diario de Pernambuco
Busca

crimes

Combate ao abuso sexual infantil é tema de evento em universidade

Aberta ao público, iniciativa acontece no dia 22 de maio

Publicado em: 20/05/2024 10:32 | Atualizado em: 20/05/2024 10:37

Abuso sexual infantil é um tema que será tratado no evento  (Foto: Divulgação )
Abuso sexual infantil é um tema que será tratado no evento (Foto: Divulgação )
O combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes  será  tema de um evento  no Centro Universitário Tiradentes (Unit-PE), na Imbiribeira, na Zona Sul do Recife. 
 
Aberta ao público, a ação é  organizada pelo curso de psicologia da instituição.
 
A iniciativa  acontecerá no dia 22 de maio, às 19h, no auditório.
 
A escolha do tema tem relação com o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado em 18 de maio.
 
A data foi instituída pela Lei nº 9.970, em 2000.  Desde então, o  mês é marcado por ações em todo o país com o objetivo de sensibilizar a população acerca da temática, por meio da campanha Maio Laranja. 
 
Na Unit-PE, o evento está sendo orientado pela professora Clarice Spencer e pela coordenadora do curso de Psicologia, Ana Paula Noriko. 

O seminário contará com a participação de quatro convidados, com a abertura de espaço para debate, em seguida.
 
A primeira palestrante será Luanna Cruz, psicóloga clínica e social, especialista em Saúde Mental e em Intervenções Clínicas na Abordagem Psicanalítica.
 
 Outro convidado será Eduardo Paysan, educador social, especialista em Direitos Humanos e Mestre em Serviço Social. 
 
A terceira participante será Eveline Catão, médica legista responsável pelo setor de Sexologia Forense do Instituto de Medicina Legal Antônio Persivo Cunha. Por fim, haverá a participação de Jason Sousa, presidente do Conselho Tutelar de Jaboatão dos Guararapes (PE).

Para participar do seminário, é preciso se inscrever no seguinte link: https://encr.pw/PalestraPsicologia.  

Abuso sexual infantil

Dados recentes apontam que, a cada hora, três crianças são vítimas de abuso no Brasil e cerca de 51% delas têm entre 1 e 5 anos de idade. Além disso, aproximadamente 500 mil crianças e adolescentes sofrem exploração sexual e apenas 7,5% desses casos são denunciados. 

A professora Clarice Spencer, que faz parte da Coordenação Experiência Extensionista da Unit-PE, destaca maneiras de prevenir e combater a exploração sexual de crianças e adolescentes.
 
De acordo com ela, é importante que haja um fortalecimento da rede de garantia de direitos desses jovens e dos vínculos familiares e comunitários de confiança.
 
“Também é importante uma psicoeducação contínua para a população, que seja adequada à linguagem de cada faixa etária, sobre as formas de violência, propagando ainda mais meios de denunciar e solicitar ajuda”, complementa.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL