Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Covid-19

Coronavírus: Número de casos confirmados passa de 22 para 28 em Pernambuco

Publicado em: 19/03/2020 17:19 | Atualizado em: 20/03/2020 01:14

 (Foto: Heudes Regis/Divulgação )
Foto: Heudes Regis/Divulgação
A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) divulgou, nesta quinta-feira (19), o novo balanço de casos  do novo coronavírus. Agora, são 28 casos confirmados da Covid-19 no estado. Nessa quarta-feira (18), eram 22 casos confirmados, ou seja, houve um aumento de 27% nas últimas 24 horas.

O total de notificações no estado até as 12h desta quinta é de 508 casos, sendo três prováveis (de pessoa que teve contato próximo ou domiciliar com caso confirmado), 166 descartados e 311 ainda em investigação, além dos 28 já confirmados.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, André Longo, os seis novos casos são de quatro moradores do Recife, um morador de Jaboatão dos Guararapes e um residente do Rio de Janeiro que está em Pernambuco.

No Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde, os estados com as maiores quantidades ainda são São Paulo, com 286 confirmações, e Rio de Janeiro, com 65. Em seguida, aparecem Bahia (30), Minas Gerais (29) e Pernambuco (28). Ceará (20) e Espírito Santo (11) aparecem em seguida.

Abastecimento

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) informou, nesta quinta, que vai isentar de pagamento os mais de 120 mil usuários enquadrados na categoria de tarifa social enquanto durar a crise provocada pelo novo coronavírus. Essa tarifa é cobrada a quem tem renda de até um salário mínimo e consumo residencial de até 10 metros cúbicos por mês, em média.

A Compesa vai ainda investir R$ 9,5 milhões para ampliar a oferta de água na Região Metropolitana do Recife (RMR). Serão executadas obras de curto prazo beneficiando 250 mil pessoas. "O volume a ser disponibilizado, que está em andamento no Sertão, tem possibilidade de ocorrer em 20% a mais que a média. Temos 14 barragens que estão ou vertendo ou perto disso. Isso quer dizer que tem um aumento considerado no nível dos rios. Um exemplo é a barragem de Jucazinho, que passou 5 anos colapsada. O nível, nas últimas 36 horas, passou de 0,8 para 5%", esclareceu a secretária de Infraestrutura de Pernambuco, Fernandha Batista.

Para as localidades da RMR desabastecidas (sem rede ou com pressão insuficiente), a companhia irá passar de 16 para 40 o número de carros-pipa atendendo essas comunidades. Já o Sistema Tapacurá terá um incremento de captação de água de 20%, passando de 2,5 mil litros por segundo para 3 mil. A ação, de acordo com o governo do estado, é imediata e beneficiará 150 mil pessoas, que moram nas áreas dos morros da Zona Norte do Recife, como Alto Santa Isabel, Alto do Mandú, Alto do Novo Mundo, Alto Treze de Maio, Alto Nossa Senhora de Fátima, Alto José do Pinho, Morro da Conceição e Alto do Eucalipto.

"A Compesa está trabalhando fortemente para garantir o abastecimento em todo o estado. A conta de água será suspensa para os mais de 120 mil usuários da tarifa social, principalmente no interior. Temos as áreas mapeadas e estamos com um grande monitoramento. Os carros-pipa serão usados nas áreas desabastecidas", disse a presidente da Compesa, Manuela Marinho.

Fundo

O governo de Pernambuco criou um fundo para que pessoas possam contribuir doando recursos ou materiais para o tratamentos de pacientes do novo coronavírus. Um comitê será criado para gerir as doações. Os dados da conta para depósito serão divulgados posteriormente.

"Criou-se um comitê onde vai ser designado qual vai ser a destinação desses recursos de acordo com a necessidade prioritária. Com o fundo, conseguimos criar uma ferramenta muito mais ágil para que possamos ter celeridade no destino dessas doações", explicou o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach.

LEIA MAIS:

Uma campanha entre um grupo de empresários pernambucanos está arrecadando doações para a aquisição de novos aparelhos de ventilação pulmonar e respiração assistida. Cada equipamento custa R$ 52 mil e a meta inicial era conseguir verba suficiente para aquisição de 40 unidades, que já foi atingida. A mobilização vai seguir com o objetivo de ajudar diante da necessidade de mais equipamentos para suprir um possível pico de demanda.

Decreto

Na coletiva de imprensa desta quinta-feira, o procurador-geral do Estado de Pernambuco, Ernani Medicis, esclareceu os detalhes do decreto estadual que determina o fechamento de shoppings, bares, restaurantes, salão de beleza e comércios de praia. "O objetivo é regulamentar as atividades desses estabelecimentos. Estão garantidas entregas a domicílio e postos de coleta (esquema take away, quando o consumidor só passa para retirar o pedido, sem contato) nos bares, restaurantes e lanchonetes", afirmou. Quem descumprir a nova medida está sujeito a pena de detenção de um mês a um ano.

LEIA MAIS:

Em relação à possibilidade de postergar pagamento de impostos e tributos, Bruno Schwambach, disse que o governo do estado precisa manter a arrecadação para investir nos maiores gastos com saúde que terá e que encaminhou pedido ao governo federal para manutenção do fluxo de caixa das empresas pernambucanas durante o período de restrições.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
OMS alerta para situação do Brasil e México na pandemia
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 30/11
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 01/12
De 1 a 5: Novembro Azul chega ao fim, mas prevenção do câncer de próstata precisa ser permanente
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco