Diario de Pernambuco
Busca

IBGE

Pernambuco está entre os estados com menor renda per capita; veja o ranking

Pernambuco está na terceira posição mais baixa no âmbito regional, ficando atrás apenas do Maranhão e de Alagoas

Publicado em: 28/02/2024 18:05 | Atualizado em: 28/02/2024 19:46

A pesquisa mostrou que o rendimento para o Brasil foi de R$ 1.893 (Foto: Marcelo casal Jr./Agência Brasil)
A pesquisa mostrou que o rendimento para o Brasil foi de R$ 1.893 (Foto: Marcelo casal Jr./Agência Brasil)

Pernambuco teve o quarto menor rendimento domiciliar per capita do Brasil em 2023. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (28) pelo Instituto Brsilero de Geografia e Estatística, que mostra os valores dos rendimentos domiciliares per capita referentes a o ano passado para o Brasil e estados. Os números são calculados com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua.

Pernambuco registrou um rendimento domiciliar per capita de R$ 1.113 no ano passado, ficando atrás apenas de Alagoas (R$ 1.110), Acre (10.95) e Maranhão (R$ 945). Com isto, o estado continua na mesma posição que estava no ranking de 2022, quando registrou a mesma renda no valor de R$ 1.010.

A pesquisa mostrou que o rendimento para o Brasil foi de R$ 1.893, variando de R$ 945 no Maranhão a R$ 3.357 no Distrito Federal.

O rendimento domiciliar per capita foi feito com base nos resultados dos rendimentos domiciliares e o total dos moradores. O cálculo leva em conta os  rendimentos de trabalho e de outras fontes. A pesquisa inclui todos os moradores na conta, inclusive os pensionistas, empregados domésticos e parentes dos empregados domésticos.

Os valores foram obtidos a partir dos rendimentos brutos de trabalho e de outras fontes recebidas nos meses em que a pesquisa foi feita. Foram consideradas as informações das primeiras visitas da PNAD Contínua feitas no 1º, 2º, 3º, e 4º trimestres de 2023.

Confira o ranking:

  1. Distrito Federal: R$ 3.357
  2. São Paulo: R$ 2.492
  3. Rio de Janeiro: R$ 2.367
  4. Rio Grande do Sul: R$ 2.304
  5. Santa Catarina: R$ 2.269
  6. Paraná: R$ 2.215
  7. Mato Grosso do Sul: R$ 2.030
  8. Goiás: R$ 2.017
  9. Mato Grosso: R$ 1.991
  10. Minas Gerais: R$ 1.918
  11. Espírito Santo: R$ 1.915
  12. Tocantins: R$ 1.581
  13. Rondônia: R$ 1.527
  14. Amapá: R$ 1.520
  15. Roraima: R$ 1.425
  16. Rio Grande do Norte: R$ 1.373
  17. Piauí: R$ 1.342
  18. Paraíba: R$ 1.320
  19. Pará: R$ 1.282
  20. Sergipe: R$ 1.218
  21. Amazonas: R$ 1.172
  22. Ceará: R$ 1.166
  23. Bahia: R$ 1.139
  24. Pernambuco: R$ 1.113
  25. Alagoas: R$ 1.110
  26. Acre: R$ 1.095
  27. Maranhão: R$ 945

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL