Diario de Pernambuco
Busca

GUERRA

Netanyahu diz que guerra continuará mesmo com libertação de reféns

Benjamin Netanyahu afirmou que a destruição do Hamas e a libertação dos reféns seguirá como foco, ainda que o país aceite um cessar-fogo

Publicado em: 21/11/2023 22:46 | Atualizado em: 21/11/2023 22:37

Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu (foto: AFP)
Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu (foto: AFP)

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou, nesta terça-feira (21), que mesmo que o país aceite um cessar-fogo para permitir a libertação de reféns, a guerra contra o Hamas seguirá após a trégua.

 

A declaração ocorre em meio às negociações entre Israel e o Hamas pela libertação de 50 reféns, do grupo estimado em 239 pessoas capturadas pelo grupo extremista em 7 de outubro.

 

Há uma expectativa de que um acordo mediado pelo Catar seja anunciado ainda nesta terça (21) ou na madrugada de quarta (22).

 

 

 

Confira as informações completas no Metrópoles.  

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL