Diario de Pernambuco
Busca

Inclusão

Igrejas do Recife e Olinda ficam mais acessíveis para visitantes cegos e surdos

Projeto implanta texto em Braille e audiodescrição sobre templos católicos seculares

Publicado em: 28/11/2023 15:26 | Atualizado em: 28/11/2023 17:13

A ideia é tornar igrejas históricas da capital pernambucana e de Olinda mais acessíveis a pessoas cegas e surdas. (Foto: Romulo Chico/DP Foto)
A ideia é tornar igrejas históricas da capital pernambucana e de Olinda mais acessíveis a pessoas cegas e surdas. (Foto: Romulo Chico/DP Foto)
 
Para promover a inclusão e acessibilidade, foi lançado, nesta terça (28), o projeto ''Recife Além do Olhar''.
 
A ideia é tornar igrejas históricas da capital pernambucana e de Olinda mais acessíveis a pessoas cegas e surdas.
 
Na segunda fase, estão sendo instalados painéis táteis contendo informações escritas em braille (um sistema de escrita tátil, decifrada com a ponta dos dedos), letras ampliadas, pictolibras (sinais em Libras) e audiodescrição por meio de QR Codes, nas igrejas da Basílica do Carmo, Madre de Deus e Conceição dos Militares. Essas são igrejas beneficiadas pela iniciativa no Recife.
São painéis táteis contendo informações em Braille, letras ampliadas, pictolibras (sinais em Libras) e audiodescrição por meio de QR Codes. (Foto: Romulo Chico/DP Foto)
São painéis táteis contendo informações em Braille, letras ampliadas, pictolibras (sinais em Libras) e audiodescrição por meio de QR Codes. (Foto: Romulo Chico/DP Foto)
 
O ‘’Recife Além do Olhar’’ foi lançado no Instituto de Cegos Antônio Pessoa de Queiroz (IAPQ), localizado na Rua Guilherme Pinto, número 146, bairro das Graças.
 
A solenidade teve a presença de integrantes de instituições de apoio a pessoas com deficiência e representantes da Arquidiocese de Recife e Olinda.
 
"O Recife Além do Olhar" é uma realização da ID Inclusão e Design, sob a coordenação de Giovana Caldas e Klesley Bastos, que há anos vêm desenvolvendo ações de acessibilidade em Pernambuco.
 
Segundo os dados do IBGE no site oficial do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, a região Nordeste tem o maior percentual de população com deficiência registrada na última pesquisa, com 5,8 milhões.
 
Como é 
O %u2018%u2019Recife Além do Olhar%u2019%u2019 foi lançado no Instituto de Cegos Antônio Pessoa de Queiroz (IAPQ), localizado na Rua Guilherme Pinto, número 146, bairro das Graças. (Foto: Romulo Chico/DP Foto)
O %u2018%u2019Recife Além do Olhar%u2019%u2019 foi lançado no Instituto de Cegos Antônio Pessoa de Queiroz (IAPQ), localizado na Rua Guilherme Pinto, número 146, bairro das Graças. (Foto: Romulo Chico/DP Foto)
 
Haverá a orientação para que as pessoas com baixa visão, deficiência visual e auditiva sejam instruídas a ler sobre as igrejas pelo método Braille e pela transcrição de áudio, ao acessar os painéis.
 
Como explica o idealizador do projeto Klesley Bastos.
 
''O acesso é feito assim, com a orientação, na igreja você acessa o painel e nele você faz a primeira navegação onde há o reconhecimento do painel geral que vai captando as informações de forma bem autônoma. O QR Code que estará indicado em Braille e moldura permite que o usuário possa fazer uma leitura pelo aparelho celular que vai direcionar ele para um canal do YouTube onde vai ser possível ouvir o áudio de toda a audiodescrição do painel e com linguagem em Libras'', finaliza. 
 

Basílica do Carmo

A Basílica de Nossa Senhora do Carmo, localizada no coração do Recife, é um tesouro arquitetônico e histórico que se ergue como testemunha dos séculos. Construída entre os séculos XVII e XVIII, está situada na Av. Dantas Barreto, no bairro de Santo Antônio. Sua história remonta aos tempos em que o local abrigava o palácio da Boa Vista, uma residência de descanso de Maurício de Nassau.
 
São doze altares secundários que adornam suas paredes, e no centro, a grandiosa capela-mor, onde se encontra uma imagem em tamanho natural de Nossa Senhora do Carmo, que é objeto de devoção e contemplação e com um acervo inestimável de talhas douradas.

Igreja da Conceição dos Militares

Localizada na Rua Nova, no bairro de Santo Antônio, em Recife, a Igreja da Conceição dos Militares é um verdadeiro tesouro setecentista. Seu interior revela uma magnífica talha típica do norte de Portugal, adornada em estilo rococó, criando uma atmosfera de beleza e espiritualidade.
 
Sob o coro, um impressionante painel retrata a histórica Batalha dos Guararapes, enquanto o forro da nave ostenta onze obras-primas em madeira, emolduradas com talha dourada, destacando-se entre janelões igualmente dourados e colunas salomônicas majestosas. Foi erguida ao longo de sete décadas, de 1710 a 1780 e tombada em 1938 pelo Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Igreja da Madre de Deus

A Igreja Madre de Deus, localizada no Bairro do Recife, é uma joia arquitetônica que remonta ao século XVIII. Com sua fachada imponente e detalhes barrocos, a igreja apresenta uma mistura de estilos, incluindo elementos rococós e maneiristas. Seu interior é igualmente deslumbrante, com altares ricamente decorados e um teto abobadado ornamentado.
 
A Igreja Madre de Deus é um local de importância histórica, testemunhando os eventos que moldaram o Recife ao longo dos séculos. Além disso, seu entorno abriga o Museu de Arte Sacra do Recife, que exibe uma coleção valiosa de arte religiosa.
A escolha do projeto pioneiro por estas três icônicas igrejas do Recife se deu pela relevância histórica individual de cada uma delas, que busca proporcionar a essas pessoas o acesso a informações detalhadas sobre a arquitetura e história dessas igrejas.

Projeto ‘’Recife Além do Olhar’’ 

O projeto Recife Além do Olhar é um desdobramento do projeto Olinda Além do Olhar, A iniciativa busca, sob a perspectiva da compreensão inclusiva, a garantia de que possamos oportunizar o entendimento da construção física de monumentos para pessoas cegas ou com baixa visão, através da representação construtiva de suas fachadas em escala reduzida e tátil, na forma de painéis.
 
A iniciativa é uma resposta ao desafio de proporcionar acessibilidade no âmbito cultural, eliminando barreiras físicas, comunicacionais e éticas que ainda persistem.
 
A realização é da ID Inclusão e Design, sob a coordenação de Giovana Caldas e Klesley Bastos, que há anos vêm desenvolvendo ações de acessibilidade em Pernambuco. Além deste projeto, destacam-se iniciativas como mapas táteis da Casa da Cultura e Centro de Artesanato, pictolibras de 40 pontos turísticos de Olinda e Recife, postais táteis, sinalização acessível da Torre Malakoff e outros produtos de acessibilidade comunicacional.
 
O projeto conta com a orientação do Consultor em Acessibilidade e Inclusão, Manuel Aguiar e audiodescrição da Com Acessibilidades, com apoio do Sistema de Incentivo à Cultura da Prefeitura do Recife.

Projeto ‘’Olinda Além do Olhar’’

O projeto Recife Além do Olhar é um desdobramento do projeto Olinda Além do Olhar, A iniciativa busca, sob a perspectiva da compreensão inclusiva, a garantia de que possamos oportunizar o entendimento da construção física de monumentos para pessoas cegas ou com baixa visão, através da representação construtiva de suas fachadas em escala reduzida e tátil, na forma de painéis.
 
Foram contempladas as seis principais igrejas de Olinda: Carmo, Catedral da Sé, São Francisco, Misericórdia, Amparo e São Bento.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL