Diario de Pernambuco
Busca

ASSASSINATO

Homem é indiciado na Alemanha por desaparecimento da menina Madeleine há 15 anos em Portugal

Por: AFP

Publicado em: 22/04/2022 09:34

 (Foto: Handout / METROPOLITAN POLICE / AFP)
Foto: Handout / METROPOLITAN POLICE / AFP
Um homem foi acusado na Alemanha, a pedido da justiça portuguesa, pelo desaparecimento em 2007 da menina britânica Madeleine McCann, que comoveu o mundo, informou nesta quinta-feira (21) a Procuradoria de Portimão (sul de Portugal). 

O suspeito, cuja identidade não foi revelada, foi indiciado na quarta-feira, disse a promotoria em um comunicado.

As autoridades alemãs afirmam desde 2020 que têm provas do homicídio de Madeleine, que desapareceu em Portugal aos 3 anos, e apontam como principal suspeito um pedófilo reincidente alemão, identificado como Christian B.

O homem cumpre atualmente pena de prisão pelo estupro de uma americana de 72 anos em 2005 no sul de Portugal.

Madeleine McCann, conhecida como Maddie, desapareceu no dia 3 de maio de 2007, pouco antes do seu quarto aniversário, na Praia da Luz, um destino turístico no sul de Portugal onde seus pais passavam férias com um grupo de amigos.

Seu desaparecimento deu origem a uma campanha internacional excepcional para tentar encontrá-la. As fotos da menina, de cabelos castanhos e olhos claros, rodaram o mundo.

Após 14 meses de investigações, nas quais os pais chegaram a ser os principais suspeitos, a polícia portuguesa encerrou o caso em 2008. Ele foi reaberto cinco anos depois.

O caso só avançou em junho de 2020, quando a promotoria de Brunswick, na Alemanha, apontou um homem de 43 anos preso por outro caso como responsável e garantiu que a menina estaria morta.

Segundo os investigadores alemães, na época do crime, Christian B. vivia a poucos quilômetros do hotel da Praia da Luz onde a menina desapareceu.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL