Acidente Beatriz Castro e outros repórteres lamentam queda de Globocop que deixou dois mortos Tragédia ocorreu no dia da inauguração dos estúdios da nova sede da Globo Nordeste

Publicado em: 23/01/2018 18:35 Atualizado em: 24/01/2018 17:32

Marcio Gomes, Mônica Silveira e Beatriz Castro foram alguns dos profissionais que comentaram o acidente. Fotos: Globo/Divulgação
Marcio Gomes, Mônica Silveira e Beatriz Castro foram alguns dos profissionais que comentaram o acidente. Fotos: Globo/Divulgação

O acidente envolvendo o Globocop, que aconteceu na manhã desta terça-feira (23) e vitimou duas pessoas na Praia do Pina, na Zona Sul do Recife, sensibilizou jornalistas da Rede Globo, que lamentaram o ocorrido no Twitter. Coincidentemente, esta terça-feira foi o dia de estreia do novo cenário dos telejornais da Globo Nordeste, no Recife. "Era pra ser um dia especial pro jornalismo: inauguração dos estúdios da nova sede. O destino nos trouxe a tragédia", publicou a jornalista Beatriz Castro em seu perfil no microblog. 

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

O helicóptero levava três pessoas. Duas não resistiram e morreram no local. O operador de transmissão Miguel Brendo Pontes Simões foi levado para o Hospital da Restauração em estado muito grave, com politraumatismo e uma lesão na face. "Que Deus conforte os amigos e parentes das pessoas que morreram hoje, no acidente com o Globocop. Vamos rezar e pedir pra que Deus ajude o Miguel Brendo, filho do querido Comandante Wagner, a sair dessa! Amém!", comentou Rodrigo Raposo, jornalista esportivo da Globo Nordeste. Mesmo de longe, a repórter Mônica Silveira fez questão de prestar solidariedade às vítimas. "De férias, mas sentindo, como se estivesse no Recife, a tristeza pelo acidente com o Globocop. Orando pela recuperação de Miguel e pelas famílias de Daniel e Lia", disse. 

Fernando Rêgo Barros, que já integrou a equipe de repórteres da Globo Nordeste e, atualmente, é radicado em Brasília, comentou o acidente. "Muito triste com a notícia da queda do Globocop no Recife. Dois mortos e um ferido em estado grave. Voei muito nesse helicóptero", lamenta. Os correspondentes da Globo internacional também postaram sobre o acidente na rede social. "Sinto muito pelos colegas que se foram. Imagino como está doído. Um abraço carinhoso à Globo Recife", disse Fabio Turci, correspondente em Nova York (EUA). Já Marcio Gomes, que desde 2013 representa a Rede Globo na Ásia, comentou: "Um abraço apertado a todos da Globo Nordeste. Estamos juntos nessa hora". 

A emissora divulgou nota oficial sobre a fatalidade: 

A Globo lamenta o acidente com o helicóptero que prestava serviço para a empresa em Pernambuco, ocorrido na manhã desta terça-feira, dia 23, na Praia do Pina, na Zona Sul do Recife. A aeronave levava dois prestadores da empresa Helisae, que fornece as imagens aéreas para a emissora, além de uma sargento da Aeronáutica que acompanhava o voo. Duas pessoas morreram e uma foi levada para o hospital. As causas do acidente estão sendo investigadas pelas autoridades. “Estamos todos muito tristes com essa fatalidade. A empresa é nossa parceira. Deixo aqui a nossa solidariedade às famílias das vítimas”, diz Iuri Leite, diretor da Globo Nordeste.

Acompanhe o Viver no Facebook: 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.