Redes sociais Guilherme Weber beija Wagner Moura em foto e propõe beijaço contra LGBTfobia "Se quiser se manifestar, postar a foto de um beijo com essa hashtag, marque na localização 'Kremelin'", convoca ator

Por: Estado de Minas

Publicado em: 05/05/2017 18:19 Atualizado em: 08/05/2017 13:22

Atores contracenaram em 2012 no espetáculo Os Solitários. Fotos: Instagram/Reprodução
Atores contracenaram em 2012 no espetáculo Os Solitários. Fotos: Instagram/Reprodução


O curitibano Guilherme Weber fez um protesto em suas redes sociais na madrugada desta sexta-feira (5). O ator, autor e diretor brasileiro postou uma foto em que aparece beijando Wagner Moura e, na legenda, explicou que se tratava de um ato contra a Rússia. 

Leia também: Guilherme Weber se despede com "Fora Temer" no Programa do Jô e é ovacionado

"É um protesto contra os crimes que a Rússia vem praticando contra a comunidade LGBTQ [Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e 'Queers']", escreveu ele na foto que data de 2002, quando os atores atuavam juntos na peça Os solitários
 
Guilherme ainda convocou os seus seguidores a fazerem o mesmo. "Se quiser se manifestar, postar a foto de um beijo com essa hashtag, marque na localização 'Kremelin'". A hashtag é a #Kiss4LGBTQRights, que reclama pelos direitos dos LGBTQs. 

Nos comentários, os seguidores do ator endossaram a manifestação. "A homossexualidade é crime na Rússia e em alguns países da África e do Oriente. Aqui [Brasil] não é crime, porém um beijo entre dois homens ou mulheres causa fúria em muitas pessoas. Isso me lembra o Dr. Odorico Quintela: 'O amor ofende'", escreveu um seguidor.

Acompanhe o Viver no Facebook:


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.