Diario de Pernambuco
Busca

SÃO PAULO

Apoiador de Lula grita "volta pro PT, Tarcísio" e governador dá risada

Governador teve o segundo encontro com o presidente Lula na semana e anunciou investimentos junto ao governo federal

Publicado em: 02/02/2024 15:29


Tarcísio e Lula fizeram acenos durante evento no porto de Santos (foto: Ricardo Stuckert / PR)
Tarcísio e Lula fizeram acenos durante evento no porto de Santos (foto: Ricardo Stuckert / PR)

Um apoiador do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) divertiu as autoridades durante a cerimônia em comemoração aos 132 anos do Porto de Santos, nesta sexta-feira (02), ao gritar "Volta para o PT, Tarcísio". A fala ocorreu após o petista defender o governador de São Paulo, Tarcisio de Freitas (Republicanos), de vaias vindo da plateia.

 

Durante o evento foi anunciado a construção do túnel que liga as cidades de Santos e Guarujá, projeto que vai receber recursos do governo federal e do governo estadual, em acordo firmado entre Lula e Tarcísio após dificuldades em encontrar formas de financiamento do projeto. No final de janeiro, o governador e o presidente tiveram uma reunião mediada pelo ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho (Republicanos).

 

Tarcísio foi ministro da Infraestrutura do governo de Jair Bolsonaro (PL) e é um dos principais aliados do ex-presidente. Com o apoio do líder da direita, o governador derrotou Fernando Haddad (PT) na disputa por São Paulo nas eleições de 2022.

 

As vaias foram reprovadas por Lula, que pediu respeito ao governador e classificou o evento como um “ato civilizatório”. "Nós disputamos com o Tarcísio e perdemos as eleições, não dá para querer dar um golpe em São Paulo e invadir os prédios. É voltar para casa, se preparar, e disputar outra vez. E respeitar o direito do exercício da função de quem ganhou as eleições", disse Lula.

 

O presidente ainda lembrou da trajetória do político como servidor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). “Eu estranhei vendo ele trabalhar com o Bolsonaro, mas paciência, é uma opção dele. Depois ele ganhou de nós as eleições. O que eu vou lamentar? Vou parabenizar e me preparar para derrotar você nas próximas eleições", disse Lula.

 

 

Confira as informações no Estado de Minas

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL