Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

COMBATE

Romero Sales Filho propõe utilizar receita de multas da CTTU no combate ao novo coronavírus

Publicado em: 23/03/2020 16:24 | Atualizado em: 23/03/2020 18:25

 (Paulo Paiva/Arquivo DP)
Paulo Paiva/Arquivo DP

Mesmo com pausa nas comissões e plenários na Assembleia Legislativa de Pernambuco, os parlamentares seguem buscando formas de elucidar saídas para auxiliar no combate ao novo Coronavírus. Esta semana, o deputado Romero Sales Filho indicou que parte da receita vinda das multas de trânsito sejam usadas para o combate ao novo Coronavírus.  

Em 2019, a CTTU bateu recorde de arrecadação com multas no Recife. “A receita chegou a R$ 98.208.610,33, o que corresponde a um aumento de 40% em relação a 2018. Ressalto ainda que as informações contidas no próprio site da CTTU sobre a destinação desse recurso financeiro são genéricas. Ou seja, o cidadão não sabe ao certo quais ações, sejam elas programa educativo, operação tapa buraco ou mobilidade urbana, foram realizadas. Na verdade, falta transparência sobre como são gastas as receitas obtidas a partir das multas”, declarou Sales Filho. 

“Diante do cenário atual, todo e qualquer esforço realizado pelo Poder Público deve ser para minimizar os impactos econômicos e sociais trazidos por esta pandemia”, acrescentou o parlamentar. 

Ação -  Como forma de colaborar com o combate à proliferação do novo coronavírus, Romero Sales Filho ainda registrou os seguintes projetos de lei ordinária: - que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde, forneça álcool em gel (ou similares) para famílias de baixa renda, impedindo assim a proliferação do coronavírus e outros microorganismos. Para tanto, o governo poderia negociar diretamente com as usinas produtoras de álcool; - a instituição de um Fundo Emergencial de Saúde, para prevenção do novo coronavírus e auxílio à população afetada; Medida essa que já foi acatada pelo Governo do Estado de Pernambuco, o que mostra que os nossos esforços não são em vão; - a proibição de venda dos produtos de higiene e alimentício em quantidades superiores a 04 unidades por pessoa, visa evitar e proibir a compra desenfreada e injustificada de produtos estratégicos ao combate da epidemia. 

Por meio de indicação, solicitou medidas diretas como o aumento do abastecimento de água para municípios mais vulneráveis.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Nova presidente da Caixa toma posse e anuncia primeiras medidas
Manhã na Clube: entrevista com o ex-ministro e pré-candidato ao senado, Gilson Machado
Suspeito de ataque a tiros com seis mortos é detido nos EUA
Manhã na Clube: entrevistas com o pastor Wellington Carneiro e Alexandre Castelano
Grupo Diario de Pernambuco