Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Ciência e Saúde

Saúde

Dia do Esportista: a importância do exercício físico para a saúde

Além das mudanças físicas e corporais, as atividades físicas podem ser cruciais para o bem-estar mental, aliviando inclusive estresses

Publicado em: 19/02/2018 12:53

De uma caminhada no parque à academia. Tudo é válido para iniciar as atividades, mas a principal dica é não desistir. Foto: Rafael Martins/ DP (Foto: Rafael Martins/ DP)
De uma caminhada no parque à academia. Tudo é válido para iniciar as atividades, mas a principal dica é não desistir. Foto: Rafael Martins/ DP (Foto: Rafael Martins/ DP)


Você sabia que nesta segunda-feira (19) é comemorado o Dia do Esportista? Dedicado a todos os atletas e praticantes de exercício físico, a data é celebrada com o objetivo de incentivar, conscientizar e homenagear a prática do esporte, elevando as chances de uma vida mais saudável e digna. 

Principal meio de combater o estresse e aumentar o bem-estar físico e mental, a movimentação do corpo deve ser prioridade na rotina diária. Segundo o ortopedista Leandro Gregorut, a recomendação básica é que um adulto pratique pelo menos 150 minutos de atividade física de moderada intensidade ou 75 minutos de atividade intensa. "Esses hábitos podem diminuir as chances de desenvolver diversas doenças como diabetes tipo 2, acidente vascular cerebral (AVC) e acidente vascular cardíaco (IAM, infarto). Além disso, os exercícios físicos ajudam a diminuir o ganho de peso corporal evitando as doenças relacionadas a obesidade", explica.

Arte: DP (Arte: DP)
Arte: DP (Arte: DP)

De uma caminhada no parque à academia. Tudo é válido para iniciar as atividades, mas a principal dica é não desistir. De acordo com o profissional, algumas dicas básicas devem ser seguidas ao iniciar os exercícios, como um alongamento inicial e um planejamento de treino, alternando a parte aeróbica e a musculação. "A regularidade é muito mais importante que a intensidade, é melhor fazer pouco e bem feito do que irregular. Além disso, o planejamento e a estratégia são fundamentais para a evolução constante e segura da atividade."

Comemoração

Conhecida como a "Lei Zico", a lei de nº 8.672, de 6 de Julho de 1993, foi quem estabeleceu originalmente o Dia do Esportista. 

Posteriormente, a lei que homenageava o ex-jogador de futebol, de caráter sugestivo, foi substituida pela Lei Pelé, desta vez, uma lei mandatória. Oficialmente, a data ganhou peso com esta mudança estabelecida. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Sérum, pele natural, sombras coloridas e blush cremoso
Resenha SuperEsportes: o quase do Sport, sub-20 do Santa e eleições no Náutico
Lula: sou um homem melhor do que aquele que entrou na cadeia
De 1 a 5: artistas que trabalham com barro
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco