Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Ciência e Saúde
Retorno Astronautas chineses voltarão para a terra depois de 30 dias no espaço O período foi a mais longa estadia no espaço já realizada por astronautas chineses

Publicado em: 17/11/2016 07:35 Atualizado em:

A nave espacial Shenzhou-11, que transporta os astronautas chineses Jing Haipeng e Chen Dong, se separou hoje (17) do laboratório espacial Tiangong-2. A separação marca o início da viagem para casa depois de 30 dias, a mais longa estadia no espaço já realizada por astronautas chineses. Antes do desacoplamento, os astronautas expressaram seus agradecimentos e respeito às equipes em terra e às pessoas que apoiaram o programa espacial da China.

Após a separação, a Shenzhou-11 permanecerá em uma altura perto do laboratório espacial antes de receber a ordem de partida dada pela equipe para começar a viagem de regresso. Um dia depois, o módulo de reentrada descerá de uma órbita de cerca de 393 quilômetros acima da terra, um teste real para o sistema de reentrada da Shenzhou-11. O Tiangong-2 permanecerá em sua órbita e experimentos à distância continuarão até a acoplagem da Tianzhou-1, a primeira nave espacial de carga da China, que será lançada em abril de 2017.


Sobe, Lia, sobe.
João Alberto entrevista Larissa Lins
Como se preparar para as provas do SSA 3 da UPE
Pelé abre o jogo e fala sobre racismo, mil gols e sucessor
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco