Diario de Pernambuco
Busca

GUERRA

Hamas admite retomar as negociações para a troca de reféns

De acordo com publicação do Wall Street Journal, voltou à mesa das negociações a proposta que já existia antes do "número dois" do Hamas ser assassinado

Publicado em: 10/01/2024 12:33

Plano em negociação consiste em libertar 40 reféns em troca de 120 prisioneiros palestinos (Foto: AFP/Arquivos)
Plano em negociação consiste em libertar 40 reféns em troca de 120 prisioneiros palestinos (Foto: AFP/Arquivos)
As negociações que acontecem hoje no Cairo para a libertação de reféns sequestrados pelo Hamas apontam progressos. 
 
De acordo com publicação do Wall Street Journal, regressou à mesa das negociações a proposta que já existia antes do "número dois" do Hamas ter sido assassinado na semana passada. O plano consiste em libertar 40 reféns em troca de 120 prisioneiros palestinos.
 
A delegação israelita enviada à capital egípcia deverá manifestar a disponibilidade de Israel para retirar as tropas de algumas localidades da Faixa de Gaza. Tel Aviv pode também permitir o regresso dos palestinos ao norte do território.

Em atualização*

Tags: reféns | israel | gaza | hamas | guerra |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.