Diario de Pernambuco
Busca

EDUCAÇÃO

Paulista vai inaugurar primeira escola em tempo integral da cidade

Publicado em: 18/10/2022 18:36 | Atualizado em: 18/10/2022 18:40

 (Foto: Divulgação. )
Foto: Divulgação.
A cidade do Paulista passará a contar com a primeira instituição de ensino em tempo integral. A Escola Nelson A. Bandeira de Andrade de Lima será inaugurada nesta sexta-feira (21.10), às 16h, na comunidade Nossa Prata. A meta da Secretaria Municipal de Educação é ofertar 960 vagas no Ensino Fundamental do 1.º ao 5.º ano e na Educação de Jovens Adultos (EJA). O corpo docente deverá atuar com 20 professores.

O prédio conta com oito salas de aula climatizadas, sala de leitura, sala de informática, biblioteca, recreio coberto, refeitório, cozinha, área de serviço com banheiro e despensa. A estrutura também é composta por bateria de banheiros  convencionais, banheiro para pessoa com deficiência (PCD); sala de professores, diretoria, secretaria e almoxarifado.

No entorno da escola haverá quadra poliesportiva, área de convivência, área verde, bancos, estacionamento e acesso coberto.

Estruturas Modulares nas construções

A tecnologia empregada na construção da Escola Nelson A. Bandeira de Andrade de Lima, em Nossa Prata, é a mesma empregada na ampliação da Creche Tio Roberto, em Jardim Maranguape, e Escola Maria das Neves, em Jardim Paulista Baixo. A estrutura é modulada com painéis metálicos em aço galvanizado, antichamas, sobre base de concreto tipo “radier”. Esse modelo reduz a possibilidade de problemas de infiltrações no telhado.

O modelo é pioneiro na região. Usa-se a tecnologia termoacústica – o calor externo não entra, o mesmo acontece com a parte interna, o sistema refrigerado não passa para fora.

 Dr. Nelson Bandeira

A unidade ganhou o nome de Dr. Nelson A. Bandeira de Andrade de Lima. Ele faleceu, em 2020, vítima da Covid-19. Advogado, Nelson foi procurador geral do município do Paulista durante as duas últimas gestões de Yves Ribeiro como prefeito.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL