Diario de Pernambuco
Busca

MANAUS

Governo anuncia R$ 1,2 bilhão em investimentos na Zona Franca

Foram anunciados 33 projetos que devem gerar 1.084 empregos em Manaus para os próximos três anos

Publicado em: 01/03/2024 16:33 | Atualizado em: 01/03/2024 16:37

Zona Franca de Manaus completou 57 anos na última quarta-feira (28) (foto: Super Terminais/Divulgação)
Zona Franca de Manaus completou 57 anos na última quarta-feira (28) (foto: Super Terminais/Divulgação)

O Conselho de Administração da Suframa (CAS) aprovou, nesta sexta-feira (1º), a realização de 33 novos empreendimentos na Zona Franca de Manaus. A decisão foi tomada na 313ª Reunião do CAS  - a primeira deste ano - que ocorre na semana em que a ZFM completa 57 de existência. Ao todo, deve ser investido R$ 1,2 bilhão para a execução dos projetos, que ainda devem empregar 1.084 trabalhadores.

 

Entre os projetos aprovados pelo conselho estão os de produção de motocicleta elétrica, bicicleta elétrica, TV em cores com tela de cristal líquido, monitor de vídeo com tela de luminescência orgânica (Oled) para uso em informática e microcomputador portátil. O setor de eletroeletrônicos lidera o volume de investimentos, com oito projetos que representam R$ 695 milhões aplicados pelo governo.

 

A expectativa é que os investimentos anunciados pelo conselho obtenham faturamento de R$ 6,4 bilhões.

 

Presente na abertura da reunião, o vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Geraldo Alckmin, reforçou a geração de emprego e desenvolvimento para a região. "Isso não deve nos levar a nos acomodar. Pelo contrário, nós precisamos trabalhar mais ainda para atrair investimento e melhorar a produtividade", avaliou Alckmin.

 

Participaram da reunião, ainda, o superintendente da Suframa, Bosco Saraiva, e o ministro de Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequena Porte, Márcio França, além de parlamentares e representantes de entidades de classe.

 

 

Confira as informações no Correio Braziliense.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL