Diario de Pernambuco
Busca

Universidade

Greve das federais: UFPE divulga nota à comunidade acadêmica

A universidade comprometeu-se a flexibilizar o registro de frequência e ofertar novo prazo para modificação de matrícula, entre outros pontos

Publicado em: 05/06/2024 12:54 | Atualizado em: 05/06/2024 15:41

Fachada da Reitoria da UFPE (UFPE)
Fachada da Reitoria da UFPE (UFPE)

 

Com professores de greve, a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) divulgou, nesta quarta-feira (5), uma nota à comunidade acadêmica onde compromete-se a adotar medidas como a flexibilização do registro de frequência e a oferta de novo prazo para modificação de matrícula.

 

Confira:

 

 "Considerando o contexto de greve nacional em andamento, legitimamente aprovada pelas entidades representativas da UFPE, externamos compromissos, na condição de gestão, a fim de responder às demandas de adequação de rotinas da gestão acadêmica quanto ao calendário acadêmico. Assim, comprometemo-nos em:

 

1) flexibilizar, excepcionalmente, o registro da frequência dos(as) estudantes em todos os cursos de graduação e pós-graduação no semestre 2024.1, após a deflagração da greve, não sendo necessário o seu eventual cômputo;

 

2) ofertar aos estudantes de graduação, já matriculados em 2024.1, novo prazo para modificação e correção de matrícula quando da finalização da greve, podendo ser retiradas disciplinas bem como efetuado trancamento de semestre sem ônus;

 

3) flexibilizar a consolidação das disciplinas da Graduação e da Pós-Graduação Stricto Sensu e os prazos finais para fechamento das cadernetas na graduação, em decorrência do período da greve;

 

4) flexibilizar a matrícula em estágio obrigatório da graduação nos casos estabelecidos em edital de matrícula, em qualquer período, quando da finalização da greve, desde que a/o estudante esteja vinculada/o à UFPE no momento da solicitação;

 

5) suspender, excepcionalmente, os efeitos específicos da Recusa de Matrícula durante o semestre 2024.1;

 

6) buscar soluções e ajustes referentes às atividades acadêmicas dos Programas de Pós-Graduação (PPGs), a partir de demanda dos seus colegiados, correspondente ao período da greve;

 

7) garantir, após a conclusão da greve, a reposição das aulas não ministradas bem como das demais atividades acadêmicas junto às instâncias competentes na instituição, com diálogo envolvendo as entidades representativas na UFPE; e

 

8) encaminhar, em momento oportuno, proposta de adequação da Resolução nº 24/2023 e suas alterações, que tratam do calendário acadêmico-administrativo pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe), a fim de realizar os ajustes necessários em atendimento a exigências legais e acadêmicas."

 

Professores convocados para assembleia

 

A Associação dos Docentes da Universidade Federal de Pernambuco (Adufepe) convocou os professores para discutir os rumos da greve da categoria nesta sexta-feira (7). 

MAIS NOTÍCIAS DO CANAL