Diario de Pernambuco
Busca

Doação

Dia Nacional do Doador de Sangue é celebrado neste sábado: Saiba como ajudar bancos de sangue

Bancos de sangue têm programação especial para esta data e pedem ajuda para garantir estoques

Publicado em: 25/11/2023 06:00

A data foi criada para incentivar que as pessoas ajudem quem precisa, sejam parentes ou até mesmo desconhecidos. (Foto: Reprodução/ Pixabay)
A data foi criada para incentivar que as pessoas ajudem quem precisa, sejam parentes ou até mesmo desconhecidos. (Foto: Reprodução/ Pixabay)
 
O Dia Nacional do Doador de Sangue é celebrado neste sábado (25). A data foi criada para incentivar que as pessoas ajudem quem precisa, sejam parentes ou até mesmo desconhecidos. 
 
Para marcar a data, os bancos de sangue de Pernambuco aproveitam a oportunidade para  convocar mais uma vez a população e, assim, garantir os estoques, na maioria das vezes em baixa. 
 
O hemocentro do estado de Pernambuco (Hemope), localizado na Rua Joaquim Nabuco, 171, bairro das Graças, Recife, realiza uma campanha, iniciada desde o dia 20 deste mês, para sensibilizar as pessoas a doarem. A instituição funciona de segunda a sábado das 7h15 às 18h30.
 
Com a frase "Parabéns doador! Sua doação voluntária merece toda gratidão e comemoração", o hemocentro vai prestigiar os doadores e neste sábado (25), o músico Wagner Do Sax encerra as homenagens.
 
No Banco de Sangue Hemato, localizado na Rua Dom Bôsco, 723, bairro da Boa Vista, área central da capital, acontece a campanha ‘’Vem Doar’’ até o final do mês, com o mote “Vidas que pulsam em sintonia”
 
No sábado (25), todos os doadores serão recebidos, ao longo do horário de funcionamento da unidade, que atende de forma diária das 7h às 18h, inclusive aos domingos e feriados.
 
A instituição informa que os estoques das bolsas de sangue estão 70% abaixo do ideal, o que proporciona uma cobertura de apenas 6 dias, quando o ideal são 18 para que se possa atender com conforto às demandas dos hospitais. 
 
A coordenadora regional de captação do GSH Banco de Sangue Hemato, Ana Luiza Araújo ressalta a importância de sempre que possível, doar.
 
''Não temos uma quantidade de doadores regulares suficientes para que os estoques se mantenham em equilíbrio para atender às demandas dos hospitais. Então precisamos constantemente fomentar campanhas de incentivo à doação de sangue''.
 
Ainda segundo ela, a  demanda nunca diminui. "Estamos chegando aos meses de férias e isso impacta também na queda das doações. Por isso o nosso apelo por esse ato de solidariedade’’, finaliza Ana Luíza Araújo.
 
O Hemato ainda enfatiza a necessidade de doações do tipo O-, por ser considerado universal, significa que o tipo sanguíneo pode ser transfundido em qualquer pessoa, em casos de extrema urgência, quando não há tempo para exames que comprovem qual o tipo de sangue do paciente.

Pré-requisitos para doação de sangue:

• Apresentar um documento oficial com foto (RG, CNH etc.) em bom estado de conservação;

• Ter idade entre 16 e 69 anos desde que a primeira doação seja realizada até os 60 anos (menores de idade precisam de autorização e presença do responsável legal no momento da doação);

• Não é permitido realizar doação acompanhado de menores de 12 anos (exceto se o menor estiver acompanhado de dois adultos, sendo necessário o revezamento dos mesmos enquanto acontece a doação);

• Estar em boas condições de saúde, se sentindo bem, sem qualquer sintoma;

• Pesar a partir de 50 kg e ter dormido ao menos 6h na última noite;

• Não ter feito uso de bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

• Não é necessário estar em jejum, evitar alimentos gordurosos;

• Se fez tatuagem e/ou piercing, aguardar 12 meses. Exceto para região genital e boca (12 meses após a retirada);

• Em caso de diabetes, deverá estar controlada e não fazer uso de insulina;

• Se passou por endoscopia ou procedimento endoscópico, aguardar 6 meses;

• Não ter tido Doença de Chagas e Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST);

• Candidatos que apresentaram sintomas de gripe e/ou resfriado devem aguardar 7 dias após cessarem os sintomas e o uso das medicações;

• Aguardar 48h para doar caso tenha tomado a vacina da gripe, desde que não esteja com nenhum sintoma.

Também é preciso contatar a equipe do banco de sangue em casos de hipertensão, uso de medicamentos e cirurgias.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL