Diario de Pernambuco
Busca

Clima seco

Apac alerta para baixa umidade no Sertão; saiba como se proteger

Segundo a agência, a umidade relativa do ar pode atingir valores abaixo de 20%

Publicado em: 16/11/2023 09:20

A estimativa é que ela fique entre 12 e 20%, nas duas regiões do Sertão.
 (Foto: Arquivo)
A estimativa é que ela fique entre 12 e 20%, nas duas regiões do Sertão. (Foto: Arquivo)
A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu um alerta para a baixa umidade no Sertão de Pernambuco e no Sertão do São Francisco. 
 
A umidade relativa do ar não deve ultrapassar os 20% até a sexta-feira (17).
 
A estimativa é que ela fique entre 12 e 20%, nas duas regiões do Sertão.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a umidade ideal do ar é de 60%.
 
A umidade relativa do ar pode ser entendida como um elemento climático que aponta a quantidade de água gasosa presente no ar.

Esse tipo de clima pode trazer consequências para o sistema respiratório.
 
O ar seco provoca o ressecamento das vias, e a preocupação deve ser ainda maior com crianças e idosos. Pela fragilidade do organismo, existe uma chance maior de complicação.

Com a ausência da umidade, a mucosa que protege o organismo de infecções fica densa e não limpa as vias corretamente. 

No clima seco, pessoas alérgicas podem desenvolver crises de espirro, garganta seca, coriza, dor de cabeça, crises de asma e irritação nos olhos. 
 
As doenças respiratórias são as que mais preocupam.  

A agência recomenda ações que devem ser seguidas para evitar complicações:

• Umidificar o ambiente com vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água
• Permanecer em locais protegidos do sol ou em áreas com árvores
• Consumir bastante água;
• Evitar exercícios físicos ao ar livre, entre 10h e 16h;
• Não aglomerar em ambientes fechados;
• Usar soro fisiológico para os olhos e narinas.
Tags: pernambuco | sertão | umidade | apac |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL