Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Últimas

Pandemia

Ibura e Cohab somam mais de 150 mortes por Covid-19, mas ainda se vê muita gente sem máscara na rua

Publicado em: 06/07/2020 19:45

Na Avenida Dois Rios, muitos circulavam sem máscaras na tarde desta segunda-feira (6). (Foto: Bruna Costa/Esp. DP.)
Na Avenida Dois Rios, muitos circulavam sem máscaras na tarde desta segunda-feira (6). (Foto: Bruna Costa/Esp. DP.)

Depois de Boa Viagem, Cohab e Ibura são os bairros que mais contabilizam mortos pelo novo coronavírus no Recife. Até 5 de julho, o primeiro registrava 82 óbitos e o segundo, 71. Apesar da alta incidência de mortes, a movimentação em praças e vias comerciais do bairro era intensa na tarde desta segunda-feira (6). O comércio funcionava, visivelmente, dentro das regras sanitárias, mas nas ruas, grande parte da população sequer usava máscara - ou a utilizava de forma incorreta.

“A turma está achando que a pandemia passou, mas não é assim”, conta a dona de casa Adilma Henrique da Silva, de 48 anos. Ela precisou sair na rua para resolver assuntos de seu pai. “Eu não chego nem perto de quem está sem máscara. Tenho problema de cansaço, tenho mais risco de pegar essa doença. Fico muito apreensiva quando vejo na rua gente sem máscara. As pessoas tem que pensar nelas mesmas e nas outras”, acrescenta.

O estudante Elielson Nascimento, 18, conta que já flagrou até amigos sem o acessório. “Saí de casa e nem esperava ver tanta gente sem. Acho que as pessoas acreditam que não precisam usar quando saem rapidamente de casa, que tem menos risco de se infectar”, aponta. Na visão do jovem, parte das pessoas do bairro passaram a se descuidar por causa do afrouxamento das medidas restritivas.

“Já tinham aquelas pessoas que não usavam porque estavam nem aí. E agora com isso de liberar comércio, casos diminuindo, pensam que a pandemia já passou, ficam relaxando dos cuidados. Acredito que aumentou, sim, a quantidade de pessoas sem máscara por causa disso”, opina.
Aviso em loja na Cohab. (Foto: Bruna Costa/Esp. DP.)
Aviso em loja na Cohab. (Foto: Bruna Costa/Esp. DP.)

A região foi um dos locais escolhidos pela Secretaria de Saúde do Recife (Sesau) para receber, até a sexta-feira (10), uma das Estações Itinerantes de Orientações sobre a Covid-19. No Ibura, o espaço está instalado em frente à Igreja de São Sebastião. Por lá, agentes comunitários tiram dúvidas da população, ensinam a lavar as mãos corretamente, distribuem máscaras de tecido e ratificam a importância do uso correto do acessório.

“O grande trabalho é justamente essa questão. Sentimos uma dificuldade muito grande, além da conscientização, à aceitação. Tem quem não acredite na doença, acha que é mentira, fala da dificuldade de respirar. Mas é importante”, conta a agente comunitária Márcia Dornelas. que trabalha em um posto de saúde do bairro e ajudou no trabalho da estação.

Cerca de 200 pessoas foram atendidas pela manhã e pela tarde, segundo o agente comunitário João Cláudio. Ele trabalha no programa Academia da Cidade e, na estação itinerante, deu dicas sobre a importância de se manter ativo durante a pandemia. “Fazer exercício é importante para a saúde. Mas o trabalho aqui acabou sendo mais nesse sentido de conscientizar para o uso da máscara”, pontua.
Estação Itinerante da prefeitura leva dicas de higiene à população, como a forma correta de lavar as mãos. (Foto: Bruna Costa/Esp. DP.)
Estação Itinerante da prefeitura leva dicas de higiene à população, como a forma correta de lavar as mãos. (Foto: Bruna Costa/Esp. DP.)

A diretora de Atenção Básica da Sesau, Ana Sofia Costa, pondera que a falta de conscientização não é só no Ibura e na Cohab. “A gente já tinha notado isso, mas em diversos lugares da cidade. E sentimos a necessidade de fazer essa conscientização. Além disso, também vimos que era necessário distribuir máscaras, não adiantava só passar as mensagens. Uma vez a equipe foi abordada por um senhor que explicou que estava sem máscara porque precisava colocar comida em casa”, explica.

Além do Ibura, as estações itinerantes nesta semana estão presentes na praça do Mercado São José, Mercado Público de Beberibe (Praça da Convenção), Mercado de Casa Amarela, Feira do Cordeiro, Praça Irmã Douraci Joaguim (Mustardinha), Brasília Teimosa (na frente da Unidade de Saúde da Família Bernard Van Leer) e Largo Dona Regina (Nova Descoberta) “Essas estações ficam em locais de grandes mercados públicos e grande circulação de pessoas. A gente sabe que não adianta só dar a máscara, tem que dizer como usar, como retirar, como limpar”, finaliza.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Grande explosão atinge Beirute, capital do Líbano
Comerciantes de praias do estado protestam em frente ao Palácio
Rhaldney Santos entrevista o pré-candidato à prefeitura do Recife  Paulo Rubem
Aumenta tensão entre o STF e o Facebook por conta de ordem de exclusão de perfis
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco