Diario de Pernambuco
Busca

PLÁGIO

Ação de músico brasileiro contra Adele por plágio começa a tramitar

Além do veto à reprodução da música de Adele, o músico Toninho Geraes pede danos morais de R$ 200 mil

Publicado em: 21/02/2024 09:48 | Atualizado em: 21/02/2024 09:57

Em 2015, a britânica lançou o sucesso ''Million Years Ago''. Toninho acusa a existência de plágio da música ''Mulheres'', composta por ele
 (Crédito: Reprodução/Facebook e Divulgação)
Em 2015, a britânica lançou o sucesso ''Million Years Ago''. Toninho acusa a existência de plágio da música ''Mulheres'', composta por ele (Crédito: Reprodução/Facebook e Divulgação)

A ação movida pelo músico brasileiro Toninho Geraes contra a cantora inglesa Adele começou a tramitar na Justiça nesta semana. Em 2015, a britânica lançou o sucesso Million Years Ago, alvo de acusação de plágio de Toninho da música Mulheres, composta por ele. A obra foi interpretada por Martinho da Vila e ganhou versão na voz da cantora Simone.

 

Além do veto à reprodução da música de Adele, o músico brasileiro pede danos morais de R$ 200 mil e materiais sobre receitas recebidas nos últimos anos. As informações são do colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo.

 

"As pessoas têm ficado muito a favor do meu grito de proteção. A única coisa que eu tenho na minha vida que eu posso falar que é meu, é minha música. Eu só vendo se eu quiser. Meu patrimônio, o que eu conquistei, eu posso vir a perder, mas o meu repertório, minhas músicas, isso é o meu legado", disse Toninho, em entrevista à BBC em 2021.

 

Toninho é autor de outros sucessos da música brasileira, como Me Leva, gravada por Agepê, e Verdade, de Zeca Pagodinho. O músico afirma que não sabe como Adele pode ter tido acesso à música Mulheres, mas estranha o fato de o produtor e compositor de Million Years Ago, Greg Kurstin, ser um grande conhecedor da música brasileira. Em uma ocasião, Greg diz que até aprendeu a tocar berimbau. 

 

As informações são do Correio Braziliense. 

Tags: plágio | adele | brasileiro |

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL