Diario de Pernambuco
Busca

STREAMING

A Sociedade da Neve: saiba a chocante história real do filme da Netflix

Longa "A Sociedade da Neve" foi baseado em fatos reais

Publicado em: 04/01/2024 14:35 | Atualizado em: 04/01/2024 15:07

 (Imagem: Divulgação/Netflix)
Imagem: Divulgação/Netflix

 
O filme ''A Sociedade da Neve'' ficou entre os assuntos mais buscados no Google nesta quinta-feira (04/01).

O longa, disponível na plataforma de streaming Netflix, estreou no Brasil nesta quinta é baseado na história do 'Milagre dos Andes', que aconteceu na década de 70. 

O filme se baseia no acidente do Voo 571 e nos relatos dos sobreviventes sobre os dias que passaram nas Montanhas dos Andes.

Em 13 de outubro de 1972, um time de rugby de Montevideo (Uruguai) viajou para Santiago, no Chile, para disputar uma partida. No entanto, no caminho, passando pelos Andes nevados, perto do destino, o avião caiu nas montanhas desoladas, onde as temperaturas podem atingir 40 graus abaixo de zero.
 
Doze pessoas morreram no impacto, e várias outras ficaram gravemente feridas. Apenas 29 sobreviveram para ver um segundo dia nos Andes.

Apesar de vários aviões de busca e resgate terem vasculhado a área, a busca foi eventualmente cancelada, presumindo-se que os passageiros tivessem morrido. Enquanto isso, vários deles estavam vivos, famintos e com dificuldades para se manterem aquecidos nas montanhas.

Esses sobreviventes passaram cerca de dois meses e meio vivendo no que restou do corpo do avião antes de serem, eventualmente, resgatados. O filme conta a história do que aconteceu durante os 72 dias nos Andes.
 
Confira o trailer: 
 
 
 

Livro

O longa é uma adaptação do livro 'La Sociedad de la Nieve' (A Sociedade da Neve), lançado em 2008 pelo autor e jornalista Pablo Vierci, que era colega de faculdade dos sobreviventes do acidente.

O que acontece em ''A Sociedade da Neve''?

O filme ''Sociedade da Neve'' retrata os eventos reais do acidente do Voo 571, desde o dia em que a equipe de rugby Old Christians Club do Uruguai partiu para uma partida em Santiago, Chile, até 72 dias depois, quando os sobreviventes finalmente voltaram para casa. A narrativa é contada principalmente sob a perspectiva do jogador de rugby Numa Turcatti.
 

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL