Diario de Pernambuco
Busca

MÚSICA

Leila Pinheiro e Ricardo Bacelar lançam releitura de 'Semente da Maré'

Em meio ao noticiário da guerra entre Israel e o Hamas, Leila lembrou da canção e se compadeceu às vítimas

Publicado em: 06/12/2023 13:50 | Atualizado em: 06/12/2023 14:16

Leila Pinheiro e Ricardo Bacelar protagonizam nova versão da canção de autoria de Guilherme Arantes (Crédito: Divulgação)
Leila Pinheiro e Ricardo Bacelar protagonizam nova versão da canção de autoria de Guilherme Arantes (Crédito: Divulgação)
Chega às plataformas digitais, nesta sexta-feira (8), a versão de Leila Pinheiro e Ricardo Bacelar para a "Semente da maré (Canção do refugiado)". A ideia de trazer à tona a composição de Guilherme Arantes foi de Leila, que há pelo menos 3 décadas vem gravando suas canções. "'Semente da Maré' traduz a tristeza e a impotência diante da cruel realidade dos refugiados, que agora se somam às vítimas deste novo capítulo do secular conflito entre Israel e Palestina. O nosso grito de solidariedade e compaixão por esses povos tão sofridos. Somos todos migrantes", pontua Leila.

A nova versão de "Semente da Maré" nasceu em meio a outro projeto que Ricardo e Leila preparam para 2024. Bacelar se apaixonou pela canção e os dois decidiram gravá-la e produzi-la a quatro mãos no Jasmin Studio, em Fortaleza. "Leila foi para o piano e rapidamente encontramos um caminho, criando juntos o arranjo e gravando os vários instrumentos ali ao mesmo tempo. Além de uma importante reflexão sobre a guerra, a balada traz a musicalidade muito especial de Guilherme Arantes", pontua Bacelar. 

Leila e Ricardo se conheceram há dois anos, quando Leila foi convidada para cantar a música "Bye Bye Brasil" (Roberto Menescal/Chico Buarque), incluída em "Nós e o Mar". álbum que reuniu Bacelar, Roberto Menescal e Diogo Monzo, e que já figura no top 50 das rádios de jazz dos Estados Unidos, no chart Jazz Week. 

"Conheci o pianista, compositor, cantor e produtor Ricardo Bacelar através de Roberto Menescal, meu amigo e parceiro querido há 30 anos. Recebi então um convite do Ricardo para gravar um álbum pelo selo Jasmin, em seu estúdio, um dos melhores e mais bem equipados em que já gravei, no Brasil e no exterior. Este projeto será lançado no ano que vem, foi uma experiência maravilhosa e um grande desafio pra mim", conta Leila. 

Ricardo Bacelar reforça a grande sintonia entre os dois: "Leila á uma artista muito experiente, tem uma noção muito grande de arranjo e sabe o que quer, além do bom gosto que imprime em seus trabalhos.  Ambos somos muito exigentes e perfeccionistas, e gostamos de trabalhar juntos", resume. Sobre o processo de gravação do single "Semente da maré (Canção do refugiado)", Leila comenta: "Inauguramos uma parceria preciosa. Eu ao piano, cantando, e Ricardo tocando inúmeros instrumentos e trocando infinitas ideias comigo".

Junto com o single, no mesmo dia, será lançado o videoclipe da canção de Guilherme Arantes.

COMENTÁRIOS

Os comentários a seguir não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL