Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

FAMOSOS

Laerte fala sobre preconceito e recorda processo de aceitação

Publicado em: 27/04/2022 12:11

 (Foto: Lança Filmes/Divulgação)
Foto: Lança Filmes/Divulgação
A famosa chargista e cartunista Laerte Coutinho, 70 anos, se abriu e falou sobre o preconceito que já sofreu e ainda sofre por ser uma mulher trans e recordou o processo de aceitação e reconhecimento de identidade.

Em entrevista ao programa Provoca, de Marcelo Tas nesta terça-feira (26/4), Laerte revelou que já sofreu preconceito, inclusive, de outras pessoas trans.

“Mulher tem um lugar histórico, social, que é muito claro, muito nítido. E a população trans, transgênero, tem um lugar que é distinto desse. Mas, para pessoas trans que se identificam como mulher não tem problema nenhum em haver essa amálgama, essa combinação de interesses, de objetivos e de luta. Eu já fui hostilizada por pessoas trans também, que ficavam perguntando: ‘Cadê o peito? Quando você vai colocar peito?'”, desabafou a cartunista.

A chargista conta que prefere evitar lembrar de algumas situações. "Quando a gente nega uma coisa, a gente acaba abrindo determinadas válvulas de compensação que são ruins, te levam a momentos de raiva, destempero. E muitas vezes você não sabe o porquê direito (…)", destacou ela.

Laerte falou, ainda, sobre o processo de aceitação e descoberta da transexualidade. “Eu fiquei me enrolando por trinta e tantos anos. Eu sabia que eu gostava de homem. (…) Porque eu fiquei assustada com a possibilidade de ser gay, de ser viado, de ser bixa, de ser invertido, sabe? Isso tudo era uma coisa muito assustadora para mim, muito peso”, afirmou a cartunista.

Ela comentou também sobre a síndrome do impostor. "Eu não digo (síndrome da) impostora, mas muitas vezes sinto que as pessoas estão me entendendo de uma maneira muito mais generosa do que deviam", declarou ela.

Confira a entrevista na íntegra:
 
 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Refugiados ucranianos no Brasil: mais de 10 mil quilômetros longe de casa
Manhã na Clube: entrevista com Miguel Coelho
Manhã na Clube: entrevista com dr. Antônio Manuel de Almeida Dias, presidente da CESPU Europa
Tite divulga lista de convocado  com uma surpresa
Grupo Diario de Pernambuco