Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

POLÊMICA

J.K Rowling é novamente acusada de transfobia nas redes sociais

Publicado em: 25/04/2022 10:32

 (Foto: JUSTIN TALLIS)
Foto: JUSTIN TALLIS
A autora da saga Harry Potter, J.K Rowling, voltou a causar polêmica na internet e ser acusada de transfobia após um comentário no Twitter.  A escritora deu boas vindas a um usuário que tinha a conta na rede social banida após falar que preferia ter aids do que apoiar a comunidade trans. 

Após o comentário, o usuário teve a conta suspensa e recentemente conseguiu recuperar o perfil. “Bem-vindo de volta", escreveu Rowling. 

 
 
A autora já foi acusada de transfobia outras vezes. Em 2020, ao compartilhar um artigo sobre políticas públicas para a menstruação que falava em pessoas que menstruam, Rowling criticou o termo que tenta ser inclusivo com homens trans. Após a repercussão negativa, ela ainda tentou justificar. 

"Se sexo não é real, não existe atração entre pessoas do mesmo sexo. Se sexo não é real, a realidade vivida por mulheres ao redor do mundo é apagada. Conheço e amo pessoas trans, mas apagar o conceito de sexo remove a habilidade de muitos discutirem suas vidas de forma significativa. Não é ódio dizer a verdade", disse. 

No fim do ano passado, ela voltou a fazer comentários que foram tidos como transfóbicos. A autora usou o Twitter para compartilhar uma notícia de que a polícia passará a registrar estupros cometidos por criminosos com genitais masculinos como "femininos" se esse for o gênero como o qual se identificam. Em reação, a autora tuitou: "Guerra é paz. Liberdade é escravidão. Ignorância é força. O indivíduo com pênis que estuprou você é uma mulher."
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Fechamento de escolas durante pandemia pode gerar prejuízos por décadas no Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com Bruno Rodrigues e Débora Almeida
Manhã na Clube: entrevista com a dra. Tamara Cristina, endocrinologista
Refugiados ucranianos no Brasil: mais de 10 mil quilômetros longe de casa
Grupo Diario de Pernambuco