Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

BBB22

BBB A eliminação: Larissa passa mal ao vivo e Jade critica edição de VT

Publicado em: 28/04/2022 12:17

 (Foto: Reprodução)
Foto: Reprodução
Nesta quarta-feira (27/4) os participantes do BBB22 se reencontraram no programa BBB — A eliminação no Multishow. Durante a edição especial Larissa Tomásia passou mal e teve que deixar o estúdio e Jade Picon criticou a edição por um VT exibido.

Larissa Tomásia precisou se ausentar do programa após passar mal. Ao retornar ao estúdio, os apresentadores Bruno de Lucca e Ana Clara, preocupados com a saúde da pernambucana, questionaram se estava tudo bem.

"Sim, me recuperando", respondeu a influenciadora. Ela explicou que não sabia a origem do problema, que podia ser algo que comeu que a fez passar mal.

Em um outro momento, Jade Picon criticou um dos VTs exibidos pela produção, que mostravam os melhores momentos da rivalidade com Arthur Aguiar. "Colocaram uma pegadinha que eu estava fazendo na edição. Isso aí eu não falei não", reclamou.

Ela se referia ao momento em que ela descia as escada dizendo: "Falei que não era para fazer isso, agora fiz e me arrependi". A cena foi colocada logo após uma das vezes em que ela indicou Arthur para o paredão. "Foi uma pegadinha, não tem nada a ver, não. Não me arrependo de nada. Tive minha resposta, está tudo tranquilo", afirmou Jade.

Bruno de Lucca então afirmou que não faz a edição dos vídeos. Já Linn da Quebrada aproveitou para dar uma provocada. "Estão felizes? Olha o que vocês fizeram!".

Assista:
 
 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Fechamento de escolas durante pandemia pode gerar prejuízos por décadas no Brasil
Grupo Diario de Pernambuco