Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

LUTO

O último adeus à diva: fãs se despedem de Elza Soares

Publicado em: 22/01/2022 10:06

Fãs e familiares se despediram de Elza Soares no Theatro Municipal do Rio (Foto: AFP)
Fãs e familiares se despediram de Elza Soares no Theatro Municipal do Rio (Foto: AFP)
O Theatro Municipal do Rio de Janeiro teve uma manhã de filas, porém o clima era de despedida. Os fãs se juntaram para dar o último adeus a cantora Elza Soares. A estrela, que morreu na tarde da última quinta, foi velada ontem no espaço especial, no centro do Rio.


Em dois momentos, o primeiro fechado a família e amigos e o segundo aberto ao público, o velório da cantora contou com muita emoção. Membros da Mocidade Independente de Padre Miguel, escola de samba do coração de Elza, Taís Araújo e Lázaro Ramos, e filhos e netos da artista estiveram no Theatro Municipal durante a despedida. A partir das 10h até as 14h, os fãs puderam entrar para ver uma última vez a voz do milênio.

Além do grande legado, Elza Soares manteve-se ativa até o fim. Logo após a notícia de que a cantora havia morrido, também foi divulgado que ela deixou gravado um DVD, que conta com material inédito. As gravações foram feitas em 17 e 18 de janeiro, mas não há mais detalhes ou previsão de lançamento.

O mundo chora
Não é apenas o Brasil que perde uma grande voz, mas todo o planeta. Veículos internacionais dos quatro cantos do mundo prestaram homenagens a Elza Soares, após a notícia de que a estrela havia morrido. A BBC de Londres, a mesma que a considerou em 1999 a voz do milênio, chamou a artista de "uma das maiores cantoras brasileiras de todos os tempos". O Le Monde, da França, lembrou também de toda importância do discurso contra o racismo, machismo, preconceito e feminicídio entoado pela cantora principalmente no final da carreira.

O The New York Times destacou a origem de Elza para o público. "O título do álbum Planeta fome, lançado em 2019, faz referência direta a como a carreira dela começou em show de talentos de uma rádio e mudou para sempre não só a vida de Elza, mas também o curso avançado da música brasileira", escreveu o jornalista Michael Astor.


Beyoncé também prestou homenagem. A organização da diva pop, Beygood, publicou uma foto de Elza Soares nas redes sociais e na legenda falou sobre a importância da lenda da música brasileira. "Descanse em paz, Elza Soares. Sua música entreteve e inspirou o Brasil e o mundo. Somos gratos!", escreveu a instituição focada em causas sociais ligadas à pobreza, educação, desemprego e desgastes naturais.

Outro grande reconhecimento veio por meio de uma lembrança. Usuários das redes sociais lembraram que a série Lovecraft country usou Elza Soares como inspiração para cenas de visual afrofuturista, a roteirista e Shannon Houston confirmou o fato em 2020, ano de lançamento da série, e ainda aproveitou para intitular a cantora de "Rainha do Samba". O seriado é um sucesso absoluto da HBO, foi indicado a 18 Emmys e saiu vencedor em duas categorias.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Fechamento de escolas durante pandemia pode gerar prejuízos por décadas no Brasil
Cada vez mais brasileiros procuram a medicina tradicional chinesa
Grupo Diario de Pernambuco