Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

DICAS

Consultora de moda explica importância de investir no visual

Publicado em: 03/10/2021 09:45

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação

A imagem pessoal pode ser utilizada como ferramenta para facilitar a comunicação entre as pessoas, alcançar o autoconhecimento e trazer bem-estar através de um conjunto de elementos visuais. É o que explica a conaultora de moda e estilo, Débora Pacífico, que destacou a importância da análise de coloração pessoal e os benefícios da técnica para quem busca harmonia na imagem. 


"A gente é visto, para depois ser ouvido. Nossa imagem representa 70% da nossa comunicação, pois a gente tem até 3 segundos para causar uma boa primeira impressão. Por isso é tão importante termos domínio sobre quem nós somos, do que gostamos, e de como queremos ser vistos. Esses elementos, quando alinhados, formam um conjunto de características que vão influenciar a mensagem que buscamos passar", afirmou a consultora de moda.


De acordo com a especialista, as cores vêm como aliadas muito fortes para trazer sensações de entusiasmo, alegria, ou de motivação. Ela lembra que as cores, estilos, volumes e formas desempenham um papel fundamental na valorização da beleza natural das pessoas, e que o autoconhecimento é a peça chave para potencializar a essência individual e facilitar a construção de estilos carregados de personalidade.


“Cada tom de cor tem um significado único, e o nosso inconsciente lê esses significados automaticamente, então quando a gente sabe quais cores valorizam mais a nossa beleza natural, e sabemos fazer uso consciente delas, que é o que se faz na análise de coloração pessoal, nos sentimos mais seguros durante a comunicação para transmitir a mensagem que a gente quer. Isso é um tema bastante explorado na psicologia das cores”, explicou Déborah Pacífico.


Apesar de ter um público formado, em sua maioria, por mulheres, Déborah não esquece de destacar que a análise de coloração pessoal é essencial tanto para o público masculino, quanto para o feminino. “Eles não possuem tantos elementos e acessórios adicionais na vestimenta, então o maior elemento de impacto no rosto dos homens é a cor. O público masculino também tem essa necessidade de cuidar do visual”, argumentou a especialista.


A consultora afirma que esses elementos visuais vão muito além da moda, pois fazem parte da mensagem que se quer passar para os outros e para si. “É como olhar no espelho e me perguntar o que busco despertar nos outros e em mim mesmo. Significa mostrar coerência diante das situações”, descreveu.


A especialista também ressalta que, com o autoconhecimento,  é possível adequar vestimentas para cada ocasião, sem tirar o estilo e o bem-estar que compõem a essência das pessoas. Ela explica que, quando a essência individual é bem trabalhada, o risco de alguém achar que não possui roupas adequadas ou suficientes diminui bastante, porque as pessoas que compram roupas sabendo que vão se sentir confortáveis ao usá-las, na maioria das vezes, não se arrependem das compras que fazem, e são capazes de enxergar positivamente os próprios guarda-roupas. 


“Quando a pessoa se conhece, e conhece os elementos que comunicam o que ela quer comunicar, quais cores, formas, volumes e linhas que potencializam essa mensagem, ela consegue criar mais confiança, e essa confiança diminui bastante os gatilhos mentais que causam a sensação de desconforto e necessidade de ir às compras em busca de novas peças e acessórios para preencher um vazio momentâneo, e a diminuição dessa necessidade é algo bastante benéfico, pois o consumismo impulsivo leva ao arrependimento, na maioria das vezes”, apontou.


Déborah Pacífico ainda complementa o assunto dizendo que o autoconhecimento e a essência particular são colocados como foco principal no seu trabalho, alinhando esses pontos ao uso da moda como ferramenta para potencializar os resultados. A consultora dá dicas com seu conhecimento técnico e faz o acompanhamento para realizar os ajustes que forem necessários no guarda-roupa do cliente.


CORES VIVAS


Com a chegada de outubro, Déborah Pacífico aproveitou a oportunidade para dar algumas dicas simples, mas que estão fazendo muito sucesso no mundo da moda, recentemente. Para quem busca sair da neutralidade e da monotonia, o conselho é investir em cores vibrantes, que têm o poder de trazer sensações de intensidade, de alegria e que estimulam a ação. Essa tendência vem sendo chamada de ‘Dopamine Bright’, termo em inglês que faz referência às sensações de prazer e felicidade associadas à dopamina, importante neurotransmissor responsável por levar essas informações positivas ao cérebro. 


A tendência das cores intensas vem sendo bastante estudada, justamente por tratar do poder que os tons de cores mais vivos possuem para melhorar o humor e a sensação de bem-estar. Outra dica da consultora de moda para este mês é de testar novas possibilidades, tentar sair da zona de conforto e da neutralidade, porque o uso das cores vivas se consolida cada vez mais nesse período e as peças desse estilo vão continuar em alta nas lojas. 


CONSULTORIA


A consultora de moda destacou também que, com as inúmeras tarefas do cotidiano, muitas vezes o cuidado com o visual é deixado de lado, negligência essa que pode trazer sofrimento para muitas pessoas. “Quando alguém se olha no espelho e não se sente conectada consigo mesma, e não há uma transmissão de uma mensagem positiva que parte de dentro para fora, isso afeta a autoestima e gera desconforto”, argumentou. 


Tendo isso em vista, Déborah Pacífico utiliza sua conta no Instagram para manter um vínculo de proximidade com clientes e amigos, público formado, em sua grande maioria, por mulheres, e utiliza a plataforma para expor seu trabalho. Além de oferecer os seus serviços, a consultora também aproveita a rede social para dar dicas extras aos seguidores. 


Ela explica que seu trabalho consiste em oferecer uma gama de serviços de consultoria e acompanhamento, presencial ou virtualmente, como análise de estilos e projetos de identidade visual. Outra atividade que é bastante popular é a análise de revitalização de guarda-roupa, que tenta trazer novos olhares e ressignificar as peças que as pessoas já possuem. Além disso, ela também oferece acompanhamento aos clientes nas compras de roupas e acessórios, e um trabalho de ‘personal styling’, que é voltado para a montagem de looks diferentes a partir das propostas feitas pelos clientes, como forma de fortalecer a essência individual.


“Todo esse acompanhamento, em todas as modalidades de serviços que ofereço, servem para gerar o autoconhecimento através de um olhar mais aprofundado que cada pessoa faz para si mesma. É essa essência particular, alinhada ao autoconhecimento, que gera a satisfação e confiança, que, por consequência, gera empoderamento, porque mulheres confiantes são imparáveis na luta por seus objetivos”, concluiu a consultora de moda e estilo, Déborah Pacífico.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Morreu James Michael Tyler, o Gunther de Friends
Manhã na Clube: entrevistas com Alberes Lopes, Antônio César Cruz e Almir Reis
Destaque do Náutico, meia Jean Carlos completa 100 jogos com a camisa alvirrubra
Baixas na equipe de Guedes
Grupo Diario de Pernambuco