Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

VIAGEM ESPACIAL

Capitão Kirk, de Star Trek, viaja ao espaço em missão da Blue Origin

Por: AFP

Publicado em: 13/10/2021 09:42

O ator William Shatner vai se tornar a pessoa mais velha a ir ao espaço, com 90 anos (Foto: Josh Edelson/AFP e CBS/Divulgação)
O ator William Shatner vai se tornar a pessoa mais velha a ir ao espaço, com 90 anos (Foto: Josh Edelson/AFP e CBS/Divulgação)
Um foguete da empresa Blue Origin voará nesta quarta-feira (13) por alguns minutos no espaço, com um passageiro emblemático da conquista espacial a bordo: William Shatner, que interpretou o lendário Capitão Kirk na série Star Trek. Aos 90 anos, ele será a pessoa de mais idade a viajar ao espaço. 
 
Este é o segundo voo com passageiros a bordo da empresa do bilionário Jeff Bezos, que estava na primeira viagem em julho. A decolagem está prevista para às 9h00 locais (11h00 de Brasília), do oeste do Texas. 
 
O foguete New Shepard, totalmente automatizado e reutilizável, decola verticalmente e consiste em um lançador e uma cápsula de design ultramoderno que se desprende durante o voo. Impulsionado desta forma, vai além da chamada Linha Karman, a uma altitude de 100 km, que marca o limite do espaço segundo a convenção internacional. 
 
Os passageiros podem sair de seus assentos e flutuar durante alguns momentos na gravidade zero. A cápsula depois retorna à Terra, freado por três paraquedas e um propulsor traseiro. O lançador retorna à parte para pousar automaticamente não muito longe do ponto de decolagem. No total, a experiência dura apenas 11 minutos. 
 
Além do ator canadense, outros três passageiros estarão a bordo. Chris Boshuizen é um ex-engenheiro da Nasa e cofundador da Planet Labs, empresa que fotografa a Terra em alta resolução todos os dias utilizando satélites. Glen de Vries é cofundador da Medidata Solutions, uma empresa especializada em software para monitorar testes clínicos da indústria farmacêutica. E finalmente, Audrey Powers, gerente da Blue Origin, particularmente a cargo das operações de voo e manutenção dos foguetes. 
 
Menos de três meses depois do voo de Jeff Bezos ao espaço, a nova mostra a determinação de sua empresa de estabelecer sua presença no cobiçado setor do turismo espacial. 
 
A empresa de Bezos mantém uma disputa acirrada com a Virgin Galactic, que oferece uma experiência similar de poucos minutos. Em julho, o bilionário britânico Richard Branson também voou ao espaço a bordo de uma nave de sua companhia. 
 
Em setembro, a SpaceX, de Elon Musk, manteve quatro turistas espaciais durante três dias em órbita ao redor da Terra, uma missão muito mais ambiciosa (e cara).
 
"Estamos apenas no início, mas que começo milagroso e que assombro é ser parte dele", afirmou William Shatner em um vídeo divulgado pela Blue Origin.
 
Star Trek, exibida a partir de 1966 durante apenas três temporadas, relatou as aventuras da USS Enterprise, lançada em uma missão de exploração interestelar. 
 
Os fãs da ficção científica, incluindo Bezos, a transformaram em uma série cult. O fundador da Amazon inclusive apareceu em um dos muitos filmes derivados da série, irreconhecível sob uma maquiagem de personagem alienígena.
 
"O capitão Kirk, interpretado por Shatner, é talvez mais que ninguém 'a última fronteira' para algumas gerações nos Estados Unidos e no mundo", declarou à AFP o roteirista americano Marc Cushman.
 
O ator e seu personagem "eram símbolos do crescente interesse da nação - e do mundo - pela exploração espacial", completou. 
 
Liderada durante muito tempo por agências governamentais, a conquista do espaço agora conta com o apoio crescente de empresas privadas. E William Shatner é parte desta promoção.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Baixas na equipe de Guedes
Trump anuncia planos para lançar nova rede social
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
CPI da Pandemia recomenda indiciamento de Bolsonaro
Grupo Diario de Pernambuco