Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

FESTIVAL DE ANIMAÇÃO

11º Animage traz programação on-line e sessões presenciais no Teatro do Parque

Publicado em: 08/10/2021 09:25

Além das mostras competitivas, o Festival exibe filmes e séries, como a pernambucana 'Foi Assim e Foi Assado', de Chia Beloto (Foto: Divulgação)
Além das mostras competitivas, o Festival exibe filmes e séries, como a pernambucana 'Foi Assim e Foi Assado', de Chia Beloto (Foto: Divulgação)
Após um 2020 paralisado e uma mostra virtual reduzida em março, o Animage chega a sua 11ª edição oficial. O Festival Internacional de Animação de Pernambuco acontece desta sexta-feira (08) a 17 de outubro com uma vasta programação gratuita de longas-metragens, mostras competitivas de curtas, oficinas, debates e masterclasses. A novidade: o festival será realizado pela primeira vez em formato híbrido, com a maioria da grade disponibilizada no site animagefestival.com (através da plataforma Shift72), mas com o retorno de sessões presenciais no recém-reinaugurado Teatro do Parque, no centro do Recife.
 
O Animage será também o primeiro festival de cinema a ocupar o cine teatro depois da reforma que fechou o espaço por dez anos. As sessões presenciais serão destinadas principalmente à exibição de longas, tendo como destaque Wolfwalkers, produção irlandesa indicada ao Oscar deste ano, que será exibido especialmente na terça (12), Dia das Crianças. Com uma limitação de 300 pessoas e exigindo os protocolos de segurança, os ingressos serão gratuitos e poderão ser retirados na bilheteria do teatro uma hora antes do início de cada sessão.
 
“Será especial porque representa o reencontro com a plateia. Simboliza também a reabertura do Parque para sessões de cinema, um momento aguardado pacientemente pelo público recifense. A realização do Animage é um gesto de esperança e de expectativa por dias melhores para todos, um desejo expressado pelas possibilidades criativas ilimitadas da arte da animação”, afirma Júlio Cavani, curador do festival desde 2015.
 
O longa irlandês 'Wolkwalkers' será exibido presencialmente no Teatro do Parque no Dia das Crianças (12) (Foto: Divulgação)
O longa irlandês 'Wolkwalkers' será exibido presencialmente no Teatro do Parque no Dia das Crianças (12) (Foto: Divulgação)
 
Problemáticas da pandemia ainda transparecem em curtas como Mensagem de Uma Noite Sem Fim ou no modo de produção do longa Absolute Denial, quase inteiramente realizado pelo diretor Ryan Braund em isolamento. Porém, a possibilidade dos animadores se adaptarem ao trabalho remoto fez com que o setor continuasse produzindo em quantidade e qualidade sem grandes interrupções. Segundo Cavani, um reflexo disso foi não somente produções brasileiras chegando a festivais internacionais como Annecy, na França, mas também a quantidade de obras do mundo inteiro inscritas no Animage. Ao todo foram mais de 1,2 mil inscrições para a competição de curtas, dos quais foram selecionados 49 filmes de 26 países.
 
Além dos curtas que competem, o Animage também selecionou diversas obras para compor mostras sob os mais diferentes recortes, geográficos ou temáticos. Além das clássicas Mostras Pernambuca, Africana e Brasil, o evento também fechou parceria com o Festival Animasivo, do México, para a exibição de animações documentais do país, e trouxe os filmes mais premiados internacionalmente entre 2019 e 2021 na Mostra Hors Concours. É celebrado ainda a produção de novas séries pernambucanas de animação para o público infantil, com a maratona dos 13 episódios de Foi Assim e Foi Assado, da diretora Chia Beloto.
 
Atividades Formativas
Além do acesso a uma enorme diversidade de filmes, o público terá no festival uma oportunidade de aprendizado com grandes nomes da área de animação. As oficinas já estão com as inscrições encerradas, mas a programação formativa ainda inclui o painel Animação Iberoamericana em Rede, que reúne representantes da Argentina, México e Espanha para debater o papel de produção e circulação desempenhado pelo Brasil nesse território. Já as masterclasses trazem nomes como Daniel Bruson, a francesa Agnés Patron, a alemã Rike Rothe e o diretor César Cabral para compartilhar suas experiências pessoais; todas transmitidas abertamente pelo canal de Youtube do Festival.
 
Vencedor no Festival de Annecy, o diretor César Cabral é um dos convidados para as masterclasses gratuitas (Foto: Divulgação)
Vencedor no Festival de Annecy, o diretor César Cabral é um dos convidados para as masterclasses gratuitas (Foto: Divulgação)
 
Com mais de dez anos de carreira no ramo, César Cabral é conhecido por transformar em animação os personagens criados pelo renomado cartunista Angeli, como no curta Dossiê Rê Bordosa e na série Angeli The Killer. Como não poderia ser diferente, o artista irá abordar na aula de quarta (13), às 16h, a direção e animação stop motion, sua especialidade. “O stop motion exige uma estrutura muito próxima a uma situação real de set de filmagem, então é mais complexa na produção em si. Assim como no mundo todo, a técnica é só um pedacinho da animação, não existe nenhum lugar com grande produção de stop motion. Agora no Brasil acho que cada novo filme vai não só gerando interesse, mas formando novas pessoas”, comenta Cabral, que trabalhou cerca de quatro anos em seu estúdio com uma equipe de 30 pessoas dedicadas a essa técnica específica.
 
Com previsão para estreia no circuito comercial em 2022, o primeiro longa-metragem do diretor, Bob Cuspe - Nós Não Gostamos de Gente, representou o Brasil no Festival de Annecy ao ganhar o prêmio de Melhor Filme na categoria Contrechamp, o que apenas aumentou a ansiedade de César para o retorno de mais festivais. “O Animage ter conseguido manter as sessões online e agora presenciais passa um sentimento muito bom de que as coisas de alguma maneira estão retomando, e para a animação isso é fundamental. Nestes últimos quinze ou vinte anos, mostramos que o Brasil tem capacidade de produzir animação de qualidade não só para o mercado interno, mas para fora”, conclui.
 
SERVIÇO:
ANIMAGE - 11º Festival Internacional de Animação de Pernambuco
Quando: 08 a 17 de outubro
Onde: Online pelo site animagefestival.com e sessões presenciais no Teatro do Parque.
Acesso gratuito em todas as atividades. Confira a programação completa no site.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Trump anuncia planos para lançar nova rede social
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
CPI da Pandemia recomenda indiciamento de Bolsonaro
Manhã na Clube: entrevistas com Sileno Guedes e com a nutricionista Joyce Alencastro
Grupo Diario de Pernambuco