Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

ARTES VISUAIS

Recifense Derlon faz ode ao mar em nova exposição na Amparo 60

Publicado em: 02/09/2021 10:33 | Atualizado em: 02/09/2021 11:13

 (Foto: Lucas Lima/Divulgação)
Foto: Lucas Lima/Divulgação

No hall de entrada da Amparo 60, há o mar. Ele, que já estava tão perto do prédio onde fica a galeria, na praia de Boa Viagem, agora inunda as paredes em preto e branco e faz boiar seus objetos por meio da arte do artista plástico Derlon, que inaugura nesta quinta-feira (2) a exposição Boa Viagem. Um dos principais destaques pernambucanos das artes visuais dos últimos anos, em especial por seu trabalho colocando o grafite para dialogar com a xilogravura, Derlon propõe uma imersão nas águas salgadas por meio do sentimento de estar em casa ali.

"Se o tema é o mar, você está dentro dele, no meio. Aonde você olha, você olha o horizonte, dentro do conjunto das paredes, como uma pintura só. Pensei sobre as figuras, os elementos. Eu usei como referência o pescador, a pessoa que vai ao mar e volta, que a gente deseja uma volta. Por isso que o nome é Boa Viagem, que calhou com o nome do bairro", relata Derlon. O universo imagético e simbólico do mar, entre faróis e sereias, sempre esteve bastante presente em sua obra. Durante esse processo criativo, ele foi embalado pelas canções do baiano Dorival Caymmi, talvez o nome da música brasileira que mais poderosamente ligou sua obra ao mundo dos oceanos e pescadores.

Ele volta à Amparo 60 dois anos após sua última exposição, batizada de A beleza do tempo, na qual explorou a fotopintura em quadros. Agora, busca outra relação com os suportes, utilizando o espaço em prol de uma tridimensionalidade imersiva a partir de sua larga experiência enquanto muralista. Também buscou os suportes de objetos para realizar suas pinturas, como um barquinho e uma moringa, que ressaltam o caráter caseiro no qual imagina o seu mar.

Foi uma intensa pesquisa para descobrir como ocuparia aquele espaço mais reduzido com um grande impacto. "Eu comecei com o grafite nas ruas, então aquela necessidade de saber ocupar os espaços da rua, como intervir, era a parede que falava qual o desenho a se inserir ali. Isso contribuiu muito para minha pessoa sobre como ocupar espaços e acabei levando isso para ambientes institucionais, como as galerias, não ficar conformado em só colocar quadros, mas ocupá-los da melhor forma possível", relata Derlon.

Atualmente radicado em São Paulo, ele acredita que sua distância do mar e dos espaços que habitam seu imaginário artístico fortalece um caráter saudosista constantemente presente em seu trabalho. "O próprio preto e branco é intencional. Eu já trabalhei com cor, mas não trabalho mais. Quero o preto e branco porque traz essa coisa do passado, afeta nossa psicologia e remete a uma memória", elabora. Mas estando lá ou aqui, Derlon acredita que essa faceta da memória sempre permeará seu trabalho. O mar é um desses elementos, sempre presente em suas lembranças, algo que acredita ser inerente a todo pernambucano que viveu no litoral.

Quando termina o dia após os trabalhos de montagem, ele caminha pela orla da praia que dá nome ao projeto. E o convívio com o mar dentro e fora das paredes vem fazendo bem e oxigenando suas ideias. Dentro desse fluxo intenso que a paisagem traz à sua criatividade, é preciso filtrar alguns vislumbres para não abarrotar o espaço da exposição. "A gente precisa ter o comportamento devido para a instalação não ficar pesada. Eu queria ir lá pra Brasília Teimosa, pegar um barco de pescador e colocar dentro da galeria. A ideia era boa, mas ia ficar desproporcional. Deixei quieto."

A exposição faz parte do projeto Mirada, idealizado por Lúcia Costa Santos, que vem realizando exposições no espaço da antessala da Amparo 60. Ele é realizado em parceria com a SpotArt e conta com texto curatorial de Mariana Oliveira.

SERVIÇO
Exposição Boa Viagem, de Derlon
Quando: até 2 de outubro
Onde: Amparo 60 (Rua Artur Muniz, 82, salas 13 e 14, Boa Viagem)
Quanto: acesso gratuito
Agendamento: (81) 99986-0016
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
As mães em plena pandemia: casal paulista adota cinco irmãos de Serra Talhada
Bolsonaro aumenta IOF para custear novo Bolsa Família
Surto de Covid-19 obriga Presidente da Rússia a ficar em isolamento
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado Eduardo da Fonte (PP), Elias Paim e Diego Martins
Grupo Diario de Pernambuco