Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

CINEMA

Filme francês sobre a Amazônia tem exibição gratuita e debate no Recife

Publicado em: 19/08/2021 11:08

Filme foi dirigido pela franco-iraniana Mina Rad, sendo narrado pelo brasileiro Renato Athias (Foto: Divulgação)
Filme foi dirigido pela franco-iraniana Mina Rad, sendo narrado pelo brasileiro Renato Athias (Foto: Divulgação)

Um documentário que fala da cosmologia do povo Hupd'äh da Amazônia, formado por duzentas e dez etnias indígenas do Brasil, está sendo exibido até dia 29 deste mês, gratuitamente pelo canal do YouTube da Aliança Francesa Recife, numa parceria com o Consulado da França no Recife, Laboratório de Antropologia da Universidade Federal de Pernambuco e a Aliança Francesa Brasil. O filme As Palavras Encantadas dos Hupd’äh da Amazônia – Mestres de Saberes foi dirigido pela franco-iraniana Mina Rad, sendo narrado pelo brasileiro Renato Athias, doutor Etnologia pela Universidade Paris Nanterre (FR), professor do Master Interuniversitário de Antropologia Iberoamericana da universidade de Salamanca (ES) e especialista em Etnologia Indígena.

O documentário, todo em francês, também será tema de um debate gratuito na próxima terça-feira (24), às 17h, com a participação do professor Renato Athias e da diretora Mina Rad via plataforma Zoom.

Atualmente, os Hupd'äh são aproximadamente dois mil e vivem no nordeste da Amazônia. "Para esse povo não há separação entre as ordens: mineral, vegetal, animal e humana. A música e as palavras têm um poder transformador, muitas vezes incompreensível para nós", explica Renato Athias. Para o professor, o filme oferece ao expectador a possibilidade de repensar a relação dos humanos e não-humanos e com toda a natureza.

A obra foi produzida a partir de arquivos etnográficos, arquivos de imagens, fotografias e músicas, do etnólogo Renato Athias, da década de 1980. “Os documentários realizados a partir desses arquivos procuram trazer memórias e representações ao público em geral, mediadas pela edição e pelas narrativas em primeira pessoa. As histórias vividas e o trabalho de campo saem do seu contexto e são veiculadas pela narrativa de um documentário. O espectador pode ver, sentir e imaginar as experiências de quem produziu o arquivo etnográfico”, explica o professor.

SERVIÇO
Filme As Palavras Encantadas dos Hupd’äh da Amazônia – Mestres de Saberes
Quando: Exibição até 29 de agosto de 2021, com debate no dia 24 de agosto, às 17h.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: Gilson Machado, Ministro do Turismo, dr. Érico Higino e o advogado Ivo Machado
Entre túmulos e livros: coveiro se prepara para lançar livro
Cenário de destruição apos tiroteios em Beirute
Manhã na Clube: entrevistas com Simão Teixeira, presidente do Recife Convention & Visitors Bureau
Grupo Diario de Pernambuco