Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

INTERIOR

Patrimônio de Afogados da Ingazeira, Cine São José receberá nova projeção digital

Publicado em: 07/07/2021 16:56 | Atualizado em: 07/07/2021 16:56

Cine São José foi inaugurado em 1942, fechado em 1994 e reinaugurado no final de 2003. (Foto: Thiago Caldas/Divulgação)
Cine São José foi inaugurado em 1942, fechado em 1994 e reinaugurado no final de 2003. (Foto: Thiago Caldas/Divulgação)

Patrimônio do município de Afogados da Ingazeira, o Cine São José receberá equipamentos de projeção de cinema digital Full HD, associado à reprodução sonora digital 5.1. Isso permitirá a volta da programação permanente do equipamento cultural, agora completamente digital, integrando o Programa Cine de Rua, promovido pela Secult-PE/Fundarpe - responsável pela iniciativa em parceria com a Prefeitura de Afogados da Ingazeira e a Fundação Cultural Senhor do Bonfim dos Remédios, que cuida do cinema. O cinema foi inaugurado em 1942, fechado em 1994 e reinaugurado no final de 2003.

Além da instalação dos equipamentos comprados pela secretaria estadual, houve também uma parceria entre a Fundação Cultural Senhor Bom Jesus dos Remédios, a Prefeitura de Afogados da Ingazeira e a Secretaria Estadual de Turismo e Lazer (Setur-PE) para a aquisição de um projetor 2k. A sala pertence a Diocese de Afogados da Ingazeira, a quem a Fundação Cultural Senhor Bom Jesus dos Remédios é ligada.

A aquisição desses equipamentos se deu após articulação do deputado estadual Waldemar Borges (PSB), que mobilizou, junto ao Governo de Pernambuco, a necessidade desse investimento para a região. Para Marcelo Canuto, presidente da Fundarpe, o novo sistema de projeção será um importante estímulo na ampliação do acesso à cultura para a população da região. "A iniciativa reforça a importância de fomentar o cinema na região, por meio de um de seus equipamentos culturais mais importantes."

A compra dos equipamentos do Cine São José foi embasada em um diagnóstico feito a partir de visitas técnicas de especialistas como Osvaldo Emery, servidor da Secretaria Especial de Cultura (MTur) e arquiteto especialista em salas de cinema, e Tomi Terahata, consultor técnico que já montou mais de 100 salas de cinema no Brasil - e que fará a instalação e o alinhamento do sistema de áudio e vídeo dos equipamentos no Cine São José.

Augusto Martins, secretário de Cultura e Esportes de Afogados da Ingazeira, destaca que, em 2019, o cinema voltou a parar de funcionar porque os projetores de 35mm não tinham como operar, em virtude da falta dos filmes de película no mercado. “Agora estamos na fase final dos trabalhos de adequação da cabine e também de instalação dos novos equipamentos para que possamos, assim, promover uma nova reinauguração desse histórico Cine São José, patrimônio dos afogadenses”.

A existência dessa sala de cinema, uma das mais antigas no interior de Pernambuco, reflete a importância da cena audiovisual na região, com vários profissionais envolvidos na produção de obras e realização de mostras e festivais independentes, como a Mostra do Pajeú, já na sua 4ª edição. Em 2018 e 2019, a Secult-PE e a Fundarpe promoveram uma mostra do Festival Varilux de Cinema Francês. Inicialmente a instalação estava prevista para março do ano passado, mas, por conta das restrições impostas pela pandemia do Covid-19, precisou ser adiada.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com coronel Luiz Meira (PTB), Regina Sales e Maria Dulce
Manhã na Clube: entrevistas com José Maria Eymael, Rodrigo Floro e Chico Kiko (PP)
Leão se afasta de parque onde vive solto e assusta moradores de cidade africana
Manhã na Clube: entrevistas com o prefeito João Campos (PSB) e o governador Paulo Câmara (PSB)
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco