Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

TELEVISÃO

Ana Maria Braga volta ao 'Mais você' e fala sobre Covid-19: "Dias de apreensão"

Publicado em: 19/07/2021 10:25 | Atualizado em: 19/07/2021 10:33

 (Foto: Reprodução/TV Globo)
Foto: Reprodução/TV Globo
Ela está de volta. Ao som de Casa, do Lulu Santos, Ana Maria Braga voltou a apresentar o Mais você, após ser afastada por ter testado positivo para Covid-19. A apresentadora recebeu o resultado do teste no início do mês, apesar de ter recebido as duas doses da vacina há alguns meses. Ela revelou que foram dias de apreensão e muito susto até conseguir se curar.

A apresentadora comemorou ao voltar ao estúdio, em São Paulo, e falou sobre a importância das vacinas para diminuir os riscos: "Agradeço as centenas de ligações, não pude responder a todos. Fiquei um 'periodão' quieto. E graças a eu ter tomado duas doses da vacina, tive forma branda da covid. Mas, mesmo assim, é um vírus traiçoeiro".
 
 

"Sou a prova que a vacina não impede que a vacina não impede de pegar (Covid-19), mas também sou a prova que é importantíssimo se vacinar"", ressaltou. Ana revelou como foi no dia em que testou positivo para o vírus e reforçou que todos devem continuar seguindo todas as medidas de segurança, mesmo já tendo sido imunizados.

"Vim trabalhar na semana retrasada e aqui na Globo fiz o exame PCR, como é de praxe. De repente, quando a moça fez, tava começando a me maquiar, ela disse que deu positivo. É um susto. Tomei todos os cuidados, mas deveria ter tomado mais. Não tenho ideia, não saio de casa, só para vir aqui, tenho muito cuidado".

Explicando sobre os riscos
A apresentadora contou também sobre os sintomas que teve durante a contaminação: "Perdi o olfato, o paladar e tive medo. Graças a Deus fui prontamente atendida e pude ficar num ambiente afastado de todos". Ana conversou com a médica Elnara Negri, que falou sobre os riscos da doença e sobre a importância das vacinas.

A apresentadora contou ainda sobre o tratamento que teve, precisando tomar algumas injeções de anticoagulante na barriga. A especialista ressaltou que o tratamento é individual, reforçando sobre a importância de procurar um médico para saber qual tratamento é indicado para cada caso e que a automedicação não deve ser feita.

Ela questionou a médica ainda sobre outro susto que levou: após os 15 dias de isolamento social, segundo ela, "presa dentro do quarto, não tento mais sintoma nenhum", testou positivo novamente para a doença. "Às vezes um pedacinho do vírus que está lá, mas não quer dizer que você está transmitindo", explicou a especialista.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com prefeito João Neto (PL), dra Tamires Sales e advogado Rômulo Saraiva
Manhã na Clube: entrevistas com Chico Kiko, Diego Pascaretta e Rômulo Saraiva
Domitila, artivista e recifense que está entre as selecionadas do Miss Alemanha 2021
Terceira dose de vacina anticovid começa a ser aplicada em Israel para aumentar imunidade
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco