Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

CINEMA

Fundaj lança projeto Cinema em Casa, com sessões online e gratuitas

Publicado em: 20/04/2021 10:04

Grão, Estradeiros e Depois da Chuva integram a programação (Foto: Divulgação)
Grão, Estradeiros e Depois da Chuva integram a programação (Foto: Divulgação)

A Fundação Joaquim Nabuco voltou a fechar as salas em dezembro de 2020 pela nova crescente da pandemia. Espaço de salvaguarda de um cinema pensando para além das salas comerciais, a instituição tenta preencher essa lacuna com o projeto Cinema em Casa, que traz uma programação semanal de três longas-metragens, disponíveis entre terça-feira e domingo. A estreia será hoje, com a Mostra Meu Primeiro Longa, uma seleção que reúne os primeiros trabalhos realizados por cineastas brasileiros, muitas vezes raros e inacessíveis ao público através do streaming: Estradeiros (2011), dos pernambucanos Renata Pinheiro e Sérgio Oliveira, O Grão (2007), do cearense Petrus Cariry, e Depois da Chuva (2013), dos baianos Cláudio Marques e Marília Hughes.

Em cada dia de exibição, o filme ficará disponível no site do Cinema do Museu (cinemadafundacao.com.br), entre às 19h e 23h59. Uma nova grade de filmes será disponibilizada sempre nos domingos. Na semana que vem, os novos filmes também vão integrar a atual mostra. "Estamos num momento em que o distanciamento social é imprescindível. Então oferecemos uma programação de qualidade para ser acessada de casa. A prioridade é a segurança do público e da nossa equipe", diz Ana Farache, coordenadora do Cinema e da Cinemateca Pernambucana da Fundaj.

"Todo primeiro longa-metragem traz em si uma aura de encantamento que marca a vida futura de todos os cineastas”, diz Ernesto Barros, curador do Cinema da Fundação. "Como se fosse uma espécie de carta de apresentação na qual novos artistas pedem passagem para serem vistos e reconhecidos. Nesta pequena seleção de 'operas primas', cineastas de vários estados brasileiros apontam caminhos estéticos em que a experiência do fazer cinematográfico é eminentemente coletiva."

O pernambucano Estradeiros registra o o estilo de vida de uma tribo nômade que, formada por indivíduos de diversas origens, vive da arte que vende percorrendo vários lugares da América Latina. O Grão, de Petrus Cariry, acompanha a idosa Perpétua, que, sentindo-se próxima da morte, resolve preparar Zeca, seu querido neto, para a separação que se aproxima. Depois da Chuva, de Cláudio Marques e Marília Hughes, leva o espectador às vésperas da redemocratização, em 1984, quando dois jovens baianos de 16 anos começam a perceber que estão vivendo uma fase marcante no país: as eleições diretas se mistura à descobertas sexuais e o fim da adolescência.

Em 2020, a Fundaj realizou alguns eventos online, com destaque para o FestCurtas, que abriu inscrições para todo o país e recebeu 520 interessados (135 de Pernambuco) de 21 estados. A programação final contou com 44 curtas, entre  ficções, animações e documentários. Os holofotes ficaram mesmo com a plataforma da Cinemateca Pernambucana, que montou várias mostras: infantil, do Ciclo do Recife (com filmes da década de 1920 e 1930) e de mulheres, com oito realizadores.

O site da Cinemateca recebeu mais de 300 mil acessos no ano passado, um impressionante crescimento de 500%. Entre janeiro e março, foram 75 mil acessos. As informações são de Ana Farache: "Isso mostra como o cinema é importante. A importância de oferecer uma programação online. As pessoas estão acessando e por conta disso fizemos essas mostras. A procura é muito grande”, conta. “Estamos levando uma programação do Geneton Moraes Neto para a mostra Veredas do Patrimônio Audiovisual, da Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. O festival Cinelimite, de Nova York, também se interessou por filmes do Ciclo do Recife e já está legendando os letreiros para o inglês. A exibição deve ocorrer nos segundo semestre."

Programação

Estradeiros
Terça-feira (20), 19h às 23h59
Sexta-feira (23), 19h às 23h59

Depois da Chuva
Sexta-feira (23), 19h às 23h59
Domingo (25), 19h às 23h59

O Grão
Quarta-feira (21), 19h às 23h59
Sábado (24), 19h às 23h59
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
De 1 a 5: dicas para destravar sua criatividade e ampliar a percepção
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 10/05
Gil do Vigor é recebido com festa da população e honraria em Paulista
Imunização para gestantes começa a ser liberada, mas ainda gera dúvidas
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco