Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

ATAQUE

Festival Estudantil de Teatro e Dança sofre ataque durante apresentação do projeto

Publicado em: 28/03/2021 18:09 | Atualizado em: 28/03/2021 18:29

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação

A 18ª edição do Festival Estudantil de Teatro e Dança (Feted) está sendo realizada desde a última quinta-feira e acontecerá até o próximo domingo, com intervalos durante a semana. Porém, na apresentação de hoje, ocorreu algo inesperado. Durante o projeto, hackers que aparentam ser bolsonaristas invadiram a plataforma virtual onde o festival estava sendo transmitido.

Desde 2003, quando começou o festival, é a primeira vez que a edição do Feted é realizada em formato totalmente virtual, e mesmo com inscrições abertas ao público, o produtor executivo Daniel Gomes afirmou em entrevista ao Diario de Pernambuco, que não esperava por esses ataques e disse ter ficado em choque. “Quando fomos falando de política, da questão crítica do teatro, de repente, um homem surgiu falando palavrões e reproduzindo funks glorificando o presidente do Brasil, exibindo também imagens pró-Bolsonaro”, disse Daniel.

No último sábado, um grupo teatral de Natal também sofreu o mesmo ataque bolsonarista durante apresentação do espetáculo em plataforma online, o que causou estranheza para Leidson Ferraz, jornalista e palestrante que conduzia o festival. “Foi estranho, pois quando começamos a falar também do que aconteceu com o grupo do Rio Grande do Norte, os hackers se manifestaram”, comentou também em entrevista ao Diario.


Daniel disse que mesmo depois de sair da plataforma após os ataques, acessou novamente o link, e verificou duas pessoas ainda na sala on-line, pessoas estas, desconhecidas, que ao perceber a presença de Daniel, reproduziram novamente músicas pró-Bolsonaro.

“O que me deixa preocupado, é que por termos que fazer eventos de forma virtual, estamos sujeitos a isto acontecer outras vezes”, disse Daniel Gomes, aparentando medo e preocupação com os próximos dias de evento. Mas também frisou que dará continuidade a parte do projeto que foi interrompida pelos invasores.

O que dificulta a identificação dos hackers, é a forma que atacaram. Pois, segundo Daniel e Leidson Ferraz, as pessoas que aparentam ser bolsonaristas não usaram apenas as “contas delas”, e sim, conseguiram utilizar as contas dos demais participantes, já com o intuito de confundir o reconhecimento.

Após o ocorrido, Leidson explicou em suas redes sociais o que aconteceu, e novamente foi vítima de ataques. Um perfil não identificado fez um comentário ofendendo o jornalista, dizendo que as aulas tinham que ser invadidas. “Quem manda é nós, aqui é bolsonaro, 17", disse o hacker no comentário.

O produtor Daniel conseguiu gravar toda atividade dos hackers para realizar denúncias do ocorrido. Ele afirmou também que tentou entrar em contato com a polícia cibernética, mas não obteve sucesso, e disse que tentará novamente na próxima segunda-feira.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 14/04
Vacinas da Johnson & Johnson sob investigação por risco de trombose
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 13/04
De 1 a 5: dicas de decoração para repaginar a casa de forma simples e sem gastar muito
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco