Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

MÚSICA

Paralamas do Sucesso preparam live intimista para este domingo

Publicado em: 11/10/2020 11:25 | Atualizado em: 11/10/2020 12:09

 (Foto: Funn/Divulgação)
Foto: Funn/Divulgação
Após tocarem na capital em modelo drive-in, os Paralamas do Sucesso se preparam para a segunda live em dois meses. Herbert Vianna, João Barone e Bi Ribeiro se apresentam este domingo (11) às 20h diretamente do Centro Cultural Banco do Brasil, no centro do Rio de Janeiro.

Por mais que as lives tenham sido febre no período de quarentena, os Paralamas não puderam acompanhar a tendência. “Está sendo um episódio muito interessante da nossa carreira, porque estávamos impossibilitados de fazer lives assim que começou a pandemia. Estávamos distanciados mesmo, longe um do outro”, conta João Barone, baterista do grupo.

Para a live de domingo, a banda prepara um modelo mais intimista, mais próximo. “Estamos fazendo uma apresentação que costumamos fazer em lugares mais intimistas. É um show que o Bi Ribeiro batizou de ‘quase acústico’, então é um acústico com certa pegada”, explica Barone.

Sobre o repertório ele diz: “Nossos shows sempre entregam as músicas que todo mundo que vai no show do Paralamas quer ouvir. É só uma forma de diferenciar apresentações. São diferenças sutis identificáveis, mas vamos entregar um ótimo show dos Paralamas”, completa.

“A gente está muito feliz de poder ter esta contrapartida de fazer uma live nos termos em que a gente vai render bem, num lugar bacana com um astral especial”, ressalta o baterista. Esta será a primeira live patrocinada da banda, e segundo o artista eles estão animados por tocar no centro da cidade do Rio de Janeiro, cidade onde a banda começou.

Paralamas pararam com a pandemia
“Nem no acidente do Herbert a gente ficou tanto tempo sem se encontrar e sem tocar”, lembra João Barone. Ele classifica os tempos atuais como bizarros e fala sobre os planos que foram adiados pela pandemia. “Íamos estrear um novo show e uma nova turnê em março, na semana em que aconteceu o fechamento geral, quando começou a quarentena mesmo”, recorda o baterista.

O ano, inclusive, seria muito produtivo para a banda que estrearia a turnê Paralamas clássicos. “Estávamos com uma agenda como poucas vezes tivemos no primeiro semestre, geralmente nesta época é tudo mais tranquilo, um tempo relax, para tirar uma férias no começo do ano. No entanto, em 2020 ia ser diferente, o primeiro semestre estava a todo pau”, brinca o músico.

Porém, como águas passadas não movem moinhos, Barone já pensa na frente e vê um futuro melhor para indústria musical. “Agora estamos vendo um cenário mais otimista e com muito critério e muito cuidado”, avalia o baterista que contou que a banda e a equipe já testaram três vezes para covid-19 e estão todos com resultados negativos.

Sobre o futuro da banda ainda não há nada concreto. Herbert Vianna tem trabalhado em um disco solo que será lançado ainda em 2020, inclusive apresentou um cover de Pinball wizard do The Who como primeiro single. “O mais imediato seria poder voltar para a estrada, mas depois veremos alguma demanda para um trabalho novo, ou só uma música nova para poder tocá-la nos shows”, comenta João Barone sobre os Paralamas do Sucesso no pós-pandemia.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista Celso Muniz (MDB)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #181 - Tiops de rins dos vertebrados
Rhaldney Santos entrevista Dr. Felipe Dubourcq, urologista
Polícia Federal vai usar drones para fiscalizar irregularidades nas eleições
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco