Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

MOTHER MONSTER

Marvel cogita Lady Gaga para próxima versão de X-men

Publicado em: 15/09/2020 21:28 | Atualizado em: 15/09/2020 21:34

 (Foto: Reprodução/SMP Entertainment)
Foto: Reprodução/SMP Entertainment

Lady Gaga pode ser o próximo nome a compor o Universo da Marvel. De acordo com uma publicação do portal We Got It Cover, nesta segunda-feira (14/9), o rumor é de que o estúdio tenha interesse de que a artista participe da próxima versão de X-men, na pele de Emma Frost. Em X-men: Primeira classe, produzido pela Fox, a mutante foi interpretada pela atriz January Jones, mas sem muito destaque. 

Emma Frost é considerada uma das mais poderosas telepatas do planeta. Mas até atingir o potencial passou por diversas etapas, incluindo conflitos com membros da família. Além disso, desenvolveu a habilidade de transformar o corpo em diamante. No entanto, a atriz January Jones não conseguiu aprofundá-la em X-Men: Primeira classe, tornando-a apenas uma coadjuvante na trama.

Por esse motivo, alguns portais, incluindo We Got It Cover, avaliaram que Gaga seria uma melhor aposta para viver Frost, na nova versão dos estúdios Marvel que ainda não tem data de lançamento. Vale destacar que tanto a empresa como Lady Gaga ainda não se manifestaram sobre a especulação.

Carreira no cinema

Ainda que tenha alcançado o sucesso principalmente pela música, Gaga já demonstrou, nas poucas (mas reconhecidas) experiências no cinema e na tevê, que também pode ser uma estrela na sétima arte. Como atriz, ela participou da 5ª temporada de American horror story: Hotel como a Condessa (Elizabeth), proprietária do Hotel Cortez e portadora de um misterioso vírus que a faz sentir desejo de consumir sangue. Pelo papel, foi indicada, e levou para casa o Globo de Ouro na categoria de Melhor atriz em minissérie ou filme para televisão.

A cantora também apareceu brevemente nos filmes Machete mata e Sin City 2, em colaborações com o diretor Robert Rodriguez. Entretanto, foi no terceiro longa da carreira, onde recebeu maior reconhecimento pelas habilidades de interpretação. A convite de Bradley Cooper, diretor e coprotagonista de Nasce uma estrela (2018), Lady Gaga viveu Ally, uma cantora insegura que depois de ter o talento descoberto ascendeu ao estrelato. O filme recebeu oito indicações, incluindo Melhor atriz. Gaga recebeu o prêmio na categoria Melhor canção original, com Shallow.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
De 1 a 5: Cuidados na saúde ocular das crianças
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #159 - Lesmas, Minhocas e Planárias
Rhaldney Santos entrevista a ginecologista Altina Castelo Branco
Pantanal: o pior incêndio da história
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco