Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

AUDIOVISUAL

Depois do fim: documentário resgata a história das ferrovias brasileiras

Publicado em: 20/08/2020 15:30

Documentário marca a estreia de Álvaro de Carvalho Neto como diretor de longa-metragem (Foto: Divulgação)
Documentário marca a estreia de Álvaro de Carvalho Neto como diretor de longa-metragem (Foto: Divulgação)

Como um resgate da história das ferrovias brasileiras, o documentário Depois do fim, dirigido por Álvaro de Carvalho Neto, lança o olhar a um ex comandante de trem que, aos 90 anos, relembra o período áureo e a decadência do mais importante meio de transporte terrestre do século XX. O filme acaba acaba de ser lançado e está disponível nas plataformas Sky, Net Now e Vivo Play, com distribuição da Lança Filmes.

O enredo traz uma visão poética e reflexiva do abandono das linhas ferroviárias em diversos recantos do Rio Grande do Sul, entre as fronteiras do Uruguai e Argentina, onde o trem fez história no sul do país. O ex comandante de trens Evaristo revisita estações e percorre linhas de ferro, buscando vestígios da era de ouro das ferrovias brasileiras. “Depois do Fim” mostra raras imagens dos trens em movimento no Rio Grande do Sul, realizadas em 1909 por Eduardo Hirtz.


O documentário marca a estreia de Álvaro de Carvalho Neto como diretor de longa-metragem. Como produtor, Álvaro tem no currículo produções independentes de longas e curtas-metragens, além de séries para a Rede Globo e para o canal Multishow.

SINOPSE
Ao refletir sobre a vida, aos 90 anos, o ex-comandante de trem Evaristo recorda a sua trajetória nas ferrovias. Em meio às ruínas, ciclos de lembranças e lapsos de memória reconhece a decadência das ferrovias e a iminente finitude.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Doença da urina preta: síndrome rara pode levar à UTI
Resumo da semana: toque de recolher em PE, suspeitas de síndrome rara  e vacina aprovada
Atividades não essenciais proibidas em Pernambuco todo das 22h às 5h
Unicap inova em plena pandemia e transforma centros acadêmicos em escolas
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco