Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Viver

Teatro

Em pandemia, Cirque Du Soleil tenta acordo judicial para evitar falência

Publicado em: 30/06/2020 15:01

 (Foto: Peter Parks/AFP
)
Foto: Peter Parks/AFP

Com a crise financeira gerada pelo coronavírus em todo o mundo, a companhia Cirque du Soleil admitiu ter demitido mais de 3,5 mil funcionários e também que está na iminência de declarar falência. "Nos últimos 36 anos, o Cirque du Soleil foi uma organização altamente lucrativa e de sucesso", lembrou o CEO da empresa, Daniel Lamarre, em comunicado oficial. 

No entanto, a empresa, sediada no Canadá, entrou em negociação judicial para evitar a falência e para tentar um acordo com os credores. Segundo a CNN EUA, a estimativa total das dívidas da empresa ultrapassam US$ 1 bilhão. “Com receita zero desde o fechamento forçado dos nossos shows devido à covid-19, a diretoria teve que agir com firmeza para proteger o futuro da empresa”, explicou Lamarre.

Desde março, 44 shows foram cancelados. Por isso, a negociação com a justiça canadense utiliza do princípio que a nova pandemia afetou diretamente a produção de espetáculos e que, em muitos anos, a empresa se mantinha de forma estruturada. O acordo em andamento menciona US$ 200 milhões do governo do país e US$ 100 milhões para tentar manter o desenvolvimento da empresa.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Notícias de 14/07: Quiosques e banho de mar liberados, testagem ampliada e Sarí denunciada à Justiça
Reino Unido exclui gigante chinesa de sua rede 5G
Estados Unidos vão realizar primeiras execuções federais em 17 anos
Ao vivo com Pedro Guimarães : Auxílio Emergencial e FGTS
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco