Sa[ude

Captação de córneas tem aumento de 84% em Caruaru no 1º semestre de 2024

Trabalho é realizado pela Central de Transplantes Macrorregional, por meio da Cihdott e Organizações da Procura de Órgãos

Publicado em: 09/07/2024 10:19 | Atualizado em: 09/07/2024 10:25

Tecidos podem ser doados com apoio de central  (Imagem- Cortesia )
Tecidos podem ser doados com apoio de central (Imagem- Cortesia )
Um levantamento da Central de Transplantes Macrorregional Caruaru, no Agreste pernambucano, aponta que, no primeiro semestre de 2024,  o número de doação de córneas aumentou 84%.
 
O trabalho vem sendo desenvolvido pela Comissão Intra-hospitalar para Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (Cihdott) pelas Organizações da Procura de Órgãos (OPO). 

Neste ano, 59 pacientes doaram 118 córneas. No mesmo período de 2023, foram 64 córneas de 32 pacientes (cada paciente doa dois tecidos).
 
O resultado é comemorado pelas instituições responsáveis.
 
"O trabalho de captação exige muita sensibilidade, pois acabamos adentrando num momento de muita vulnerabilidade dos familiares. Então, tudo é feito com muito profissionalismo e muito diálogo", explica a coordenadora da macrorregional Caruaru, Raianne Monteiro.


Outro ponto destacado pela coordenadora é a conscientização das famílias dos doadores, que, embora num momento de perda, solidarizam-se com a possibilidade de ajudar outras pessoas. 
"Há resistência e medo, ainda, por parte dos familiares, que são as pessoas que podem autorizar a doação. Quando conseguimos um "sim", além de comemorarmos a captação, parabenizamos quem se sensibilizou com a causa", pontua Raianne.


A córnea compõe a parte anterior do globo ocular, só pode ser doada após o falecimento e deve ser captada de seis a 12 horas após a parada cardíaca. Trata-se de um tecido transparente e que desempenha papel fundamental na formação da visão.
 
Diferentemente de órgãos como o coração – que precisa ser transplantado em no máximo quatro horas – e o fígado – em até 24 horas –, por exemplo, a córnea tem uma sobrevida de até 14 dias.
Fila

Atualmente, há 1380 pessoas na lista de espera por córneas em Pernambuco.
 
"O receptor das córneas é apontado pela Central Estadual de Transplantes, que regulariza a lista de espera no estado", esclarece a coordenadora. É importante frisar que, no Brasil, só a família pode autorizar a doação de órgãos. "Recomendamos que esse seja um assunto dialogado com os familiares, pois é imprescindível que se tenha conhecimento do desejo de ser um doador. E a gente não deve perder a oportunidade de ajudar o próximo", finaliza. 



MAIS NOTÍCIAS DO CANAL