Diario de Pernambuco
Busca

LINHA COM CEROL

Menina teve dois tendões rompidos por linha de cerol, denuncia família

Segundo a família, a criança sofreu a ruptura de dois tendões da perna direita; O caso aconteceu em Olinda, no Grande Recife

Publicado em: 04/06/2024 18:20

A criança encontra-se internada no Hospital Getúlio Vargas (HGV), na Zona Oeste do Recife  (Foto: Arquivo )
A criança encontra-se internada no Hospital Getúlio Vargas (HGV), na Zona Oeste do Recife (Foto: Arquivo )
 
Uma menina de 6 anos ficou ferida após ser atingida por uma linha de cerol em Olinda, no Grande Recife. O caso aconteceu no domingo (2), na comunidade Alto do Cajueiro, no bairro de Águas Compridas.

Segundo a família, a criança sofreu a ruptura de dois tendões da perna direita. Após passar por duas unidades de saúde do Recife, ela encontra-se, nesta terça-feira (4), no Hospital Getúlio Vargas (HGV), no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste.

Como aconteceu

A mãe da vítima, Dandara Almeida Santana, de 26 anos, relatou que a menina estava com o tio, caminhando para a casa da avó, quando foi atingida pela linha de cerol manuseada por um vizinho.

“No caminho, os dois avistaram um dos vizinhos, que empina pipa na rua há muito tempo. Ele sempre usou cerol. Ele foi dar o ‘bote’ em outra pipa com linha de cerol, mas a linha caiu. Nisso, um motoqueiro que passava na rua arrastou a linha, que atingiu as pernas da minha filha. A gravidade só não foi pior porque o tio dela rasgou a linha a tempo. Minha filha teve ruptura de dois tendões da perna direita. É um absurdo que exista gente que ainda use cerol hoje em dia”, relatou.

Segundo ela, a família ainda não registrou um Boletim de Ocorrência (BO), pois a prioridade é cuidar da saúde da menina. 

Por meio de nota, a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que “a direção do Hospital Getúlio Vargas (HGV) informa que a paciente citada foi admitida na unidade no final da manhã desta terça-feira (04/06) e, no momento, está passando por exames e avaliação médica pela equipe de ortopedia”. 

Uso de cerol é proibido em Pernambuco 

Em Pernambuco, o uso do cerol, mistura de cola ou outra substância glutinosa com vidro moído ou outro material abrasivo, é proibido.
 
O artigo 1º da Lei nª 11.931, de 3 de janeiro de 2001, diz que “Fica proibida a utilização de cerol em linha ou cordão e de linhas cortantes para soltura de pipas, papagaios ou pandorgas em áreas públicas ou privadas, localizadas no Estado de Pernambuco”. 

No dia 6 de fevereiro deste ano, a Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que proíbe a fabricação, comercialização e uso de linhas cortantes em pipas e brinquedos semelhantes, estipulando pena de detenção e multas. A proposta será enviada ao Senado.
Tags: cerol | linha | tendões | dois | menina |
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL