VIOLÊNCIA

Mais um caso de agressão a estudante por colega de escola é registrado no Recife

A agressão foi registrada em vídeo, que circula nas redes sociais. Nas imagens, é possível ver a vítima tendo o cabelo puxado e levando socos no rosto

Publicado em: 20/06/2024 17:24

O caso mais recente aconteceu no dia 17 deste mês, em uma escola de referência no Pina, na Zona Sul do Recife  (Foto: Reprodução/Redes Sociais )
O caso mais recente aconteceu no dia 17 deste mês, em uma escola de referência no Pina, na Zona Sul do Recife (Foto: Reprodução/Redes Sociais )

Na última segunda-feira (17), uma adolescente de 14 anos foi agredida por uma colega de sala, de idade não informada, em frente à Escola de Referência Ensino Fundamental (EREF) Delmiro Gouveia, no Pina, Zona Sul do Recife. 

A agressão foi registrada em vídeo, que circula nas redes sociais. Nas imagens, é possível ver a vítima tendo o cabelo puxado e levando socos no rosto. Em um determinado momento, a colega joga a adolescente no chão.

A menina sofreu uma fratura no nariz e lesões no maxilar e foi levada para uma unidade de saúde. 

Procurada pelo Diario, a Secretaria Estadual de Educação (SEE) informou, em nota, que recebeu a mãe da aluna para esclarecer os fatos e também acionou o Conselho Tutelar.

Leia a nota

"A Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE) informa que o incidente envolvendo uma estudante da Escola de Referência Ensino Fundamental (EREF) Delmiro Gouveia, no Recife, ocorreu do lado de fora. Na manhã desta quarta-feira (19), a gestão da escola recebeu a mãe da aluna para esclarecer os fatos, além de ter acionado o Conselho Tutelar. A SEE esclarece, ainda, que a escola conta com porteiro para controle de acesso, sistema de câmeras e está na rota da Patrulha Escolar. O órgão reforça que repudia todo e qualquer tipo de agressão e reitera que a escola realiza ações e projetos de prevenção e conflitos, enfrentamento à violência, bom relacionamento, respeito e paz", disse a SEE por nota. 

Outros casos

Outro caso que repercutiu nas redes sociais aconteceu em frente à Escola Professora Isaura de Franca, em Caetés I, no município de Abreu e Lima, no Grande Recife, no dia 16 de maio. 

Um vídeo mostra ao menos dez alunas envolvidas em uma briga generalizada. Nas imagens, é possível ver as estudantes agredindo umas às outras com socos e puxões de cabelo. Todas estão fardadas. 
A briga generalizada aconteceu em uma escola estadual, em Caetés I, em Abreu e Lima, no Grande Recife  (Foto: Reprodução/Redes Sociais )
A briga generalizada aconteceu em uma escola estadual, em Caetés I, em Abreu e Lima, no Grande Recife (Foto: Reprodução/Redes Sociais )

Sobre este caso, a SEE afirmou que acionou a Patrulha Escolar e o Conselho Tutelar, que estão responsáveis pelo caso. A pasta também “convocou, no dia seguinte ao incidente, os responsáveis pelas estudantes para um momento de escuta, a fim de esclarecer os fatos e tomar as medidas cabíveis”.

Leia a nota:
 
"A Secretaria de Educação e Esportes (SEE) de Pernambuco informa que o desentendimento envolvendo estudantes da Escola Professora Isaura de Franca, em Caetés I, registrado no dia 16 de maio, ocorreu do lado de fora da unidade de ensino. De imediato a gestão acionou a Patrulha Escolar e o Conselho Tutelar, que estão responsáveis pelo caso. A gestão ainda convocou, no dia seguinte ao incidente, os responsáveis pelas estudantes para um momento de escuta, a fim de esclarecer os fatos e tomar as medidas cabíveis. A SEE repudia veementemente todo e qualquer tipo de agressão dentro das escolas e reforça que promove, em sua proposta político-pedagógica, ações voltadas para a cultura de paz com toda a comunidade escolar. A pasta segue atenta à segurança nas unidades de ensino, assim como às demandas socioemocionais dos estudantes e professores", disse a SEE. 

 Outra ocorrência envolveu uma estudante sendo agredida por outras em uma escola da rede estadual em  Brasília Teimosa, Zona Sul do Recife.  

O caso, na Escola Estadual Luís de Camões, teria acontecido no dia 11 deste mês.

No vídeo, gravado por outros alunos, a estudante aparece sendo agredida com puxões de cabelo e socos. 

Procurada pelo Diario, a Secretaria de Educação informou que “as estudantes envolvidas no episódio foram transferidas para outras unidades escolares da localidade, em comum acordo com os pais, e que as jovens estão sendo acompanhadas permanentemente por psicólogos da Rede Estadual de ensino.”
Tags: escola | estudantes | agressão | caso | mais |
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL