PROGRAMA BOM PRATO

Inauguração da cozinha comunitária de Palmares reforça o investimento do Governo no combate à fome

Esta é a 121ª unidade do Estado e a 66ª inaugurada na gestão da governadora Raquel Lyra e da sua vice, Priscila Krause

Publicado em: 12/06/2024 16:18 | Atualizado em: 12/06/2024 16:30

A dona de casa Edvânia Maria de Souza, de 29 anos, foi contemplada por mais uma ação do Governo do Estado (Foto: Miva Filho/Secom)
A dona de casa Edvânia Maria de Souza, de 29 anos, foi contemplada por mais uma ação do Governo do Estado (Foto: Miva Filho/Secom)
Atendida pelo Mães de Pernambuco, a dona de casa Edvânia Maria de Souza, de 29 anos, foi contemplada por mais uma ação do Governo do Estado. 

Mãe de três filhos, ela foi uma das beneficiadas pelo Programa Bom Prato, através do qual mais uma cozinha comunitária foi entregue, nesta quarta-feira (12), em Palmares, na Mata Sul.

"Nós temos o compromisso de combater a fome no estado de Pernambuco e a entrega das cozinhas comunitárias demonstra o esforço que temos feito neste sentido. A rede já atende cada região e chega até a ponta, onde estão as famílias que mais precisam. Agora, essas pessoas, sobretudo as mulheres e as crianças pernambucanas, terão a garantia da comida na mesa", ressaltou Raquel Lyra.

Para Edvania, ter o auxílio da cozinha comunitária é muito importante. “Eu fico em casa para cuidar dos meus filhos e meu marido trabalha fazendo bico de pedreiro. Para a gente, essa ajuda é a garantia de que vamos ter comida todos os dias e que nada vai faltar para as crianças. Porque não é só a compra de alimento, mas também o valor do gás, que já conseguimos economizar", explica a jovem.

Para este ano, o governo tem a meta de inaugurar 214 cozinhas comunitárias. Em parceria com os municípios, a Secretaria de Assistência Social, Combate à Fome e Políticas sobre Drogas (SAS) co financia esses equipamentos com um investimento de R$ 39,2 milhões, sendo R$ 3 milhões para a instalação de novas cozinhas e R$ 36,1 milhões para o custeio da rede já existente.

"A cozinha comunitária é regionalizada, ela tem a referência de um CRAS, que conhece a população ao redor e vai cadastrar essas famílias que vão buscar o alimento. Então as cozinhas são fruto de uma pactuação entre Estado e municípios, levando em conta o investimento na agricultura familiar", afirmou o secretário de Assistência Social, Combate à Fome e Políticas sobre Drogas, Carlos Braga.

Com a inauguração deste equipamento, a região da Zona da Mata alcança 26 unidades de cozinhas comunitárias, sendo 13 na Mata Sul, onde Palmares está localizada, e 13 na Mata Norte. 

Só este ano, a iniciativa já ultrapassou a marca de 2,3 milhões de refeições servidas. Com a inauguração da cozinha de Palmares, serão 532 mil refeições por mês oferecidas à população em insegurança alimentar e nutricional.

Além de Palmares, em 2024 também foram inauguradas cozinhas comunitárias em Bezerros, Tamandaré, Orobó, Araçoiaba, Granito, Itapissuma, Trindade, Triunfo, Vicência, Cupira, Lajedo, Paulista, Parnamirim, Altinho, Serrita, Floresta, Flores, Pesqueira, Verdejante, Sertânia, São Joaquim do Monte, Águas Belas, Feira Nova, Jaqueira, Venturosa e Machados.

Estiveram presentes no evento os secretários estaduais, Rubens Júnior (em exercício na Casa Civil), Joana Figueiredo (interina de Justiça, Direitos Humanos e Prevenção à Violência), Daniel Leite (em exercício em Turismo e Lazer), Guilherme Cavalcanti (Desenvolvimento Econômico); os deputados estaduais Franz Hacker, Abimael Santos. E os prefeitos da região: Ridete Pellegrino (Jaqueira), Aline Gouveia (Amaraji), Carlinhos da Pedreira (Barreiros), Dona Graça (Catende), Marlos Cavalcanti (Maraial), Júnior de Beto (Palmares), Pité (Quipapá), Isabel Hacker (Rio Formoso), Thiago de Miel (Xéxeu), Duguinha (São Joaquim do Monte).

MAIS NOTÍCIAS DO CANAL