Greve

Grevistas fazem vigília em frente à Reitoria da UFRPE pela retomada das negociações com o governo

A manifestação será feita na manhã desta sexta-feira (14) em frente à Reitoria da UFRPE

Publicado em: 13/06/2024 18:18

Durante o protesto, os participantes estarão com faixas, cartazes e bandeiras com palavras de ordem pelo reajuste salarial (Foto: Divulgação Aduferpe )
Durante o protesto, os participantes estarão com faixas, cartazes e bandeiras com palavras de ordem pelo reajuste salarial (Foto: Divulgação Aduferpe )
Professores, técnicos administrativos e estudantes da Universidade Rural de Pernambuco (UFRPE) vão fazer uma vigília a partir das 10h desta sexta-feira em frente à Reitoria da universidade. O ato é uma manifestação para que as negociações sejam retomadas e o Governo Federal apresente uma proposta efetiva às reivindicações da pauta docente. 

Durante o protesto, os participantes estarão com faixas, cartazes e bandeiras com palavras de ordem pelo reajuste salarial. De acordo com os grevistas, o Governo Federal continua oferecendo 0% de reajuste em 2024 e também não avança na negociação da contraproposta apresentada pelo ANDES-SN. 

Os manifestantes classificam este momento como “crucial” para que o governo atenda às reivindicações e a sociedade tome conhecimento da situação da educação pública federal.

Também nesta sexta, em Brasília, estará acontecendo a reunião do Comando Nacional de Greve do Andes-SN com o governo para mais uma rodada de negociação, no Ministério da Educação. 

Uma representação do Comando Local de Greve (CLG) da Aduferpe, formada por seis integrantes, está em Brasília para acompanhar a reunião e fortalecer a mobilização. 

Lula apresentou propostas esta semana

Nesta terça-feira (11), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) apresentou aos grevistas uma nova proposta de reajuste de salários para técnicos em universidades federais para encerrar a greve que já dura mais de 2 meses. A proposta deve ser respondida a partir de 13 de junho.

A proposta foi a seguinte:

  • 9% para todos os funcionários públicos federais em 2023; 
  • Sem reajuste em 2024 (manteve) 
  • 9% em janeiro de 2025 (manteve) 
  • Mais 5% em abril de 2026 (antecipou de maio para abril)
  • Mais 4% por “step” (nível da carreira) em 2025 
  • 4,1% em 2026 (aumentou 0,2 ponto percentual)

Na segunda-feira (10), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou que o Governo Federal vai investir R$ 5,5 bilhões em recursos do Novo PAC para a criação de dez novos campi, espalhados pelas cinco regiões do país, e melhorias na infraestrutura de todas as 69 universidades federais.

Também serão repassados recursos para 31 hospitais universitários da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), sendo oito novos.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL