Diario de Pernambuco
Busca

Assistência social

Cozinha Comunitária: Governo entrega 120ª cozinha comunitária do estado em Bezerros

Estado passa a oferecer mais de 520 mil refeições por mês à população em vulnerabilidade social

Publicado em: 10/06/2024 19:07 | Atualizado em: 10/06/2024 21:18

A unidade de Bezerros funciona na Rua Princesa Isabel, número 296, no bairro São Sebastião (Fotos Miva Filho/Secom)
A unidade de Bezerros funciona na Rua Princesa Isabel, número 296, no bairro São Sebastião (Fotos Miva Filho/Secom)
A 120ª Cozinha Comunitária de Pernambuco foi inaugurada nesta segunda-feira (10) no município de Bezerros, no Agreste do estado, em uma cerimônia com a presença da governadora Raquel Lyra (PSDB).

A iniciativa faz parte do Programa Pernambuco Sem Fome, que passa a distribuir 528 mil refeições por mês em todas as regiões do Estado. A unidade de Bezerros funciona na Rua Princesa Isabel, número 296, no bairro São Sebastião. 

Para receber as refeições, a população deve estar cadastrada por meio do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

Agora, o Agreste tem 53 unidades de cozinhas comunitárias. O número foi ampliado devido ao Programa Bom Prato, que realiza o cofinanciamento entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Assistência Social, Combate à Fome e Políticas sobre Drogas (SAS), e os municípios de Pernambuco.

“Nossa meta é que até o final do ano teremos entregue 214 cozinhas comunitárias dentro do Programa Bom Prato, que faz parte da nossa estratégia do Pernambuco Sem Fome. Essa política nasceu para atender àquelas famílias que não sabem qual será sua próxima refeição. Estamos trabalhando de maneira integrada com os municípios para chegar perto de quem mais precisa. Garantimos aqui 200 refeições por dia para essa comunidade, que está no centro de referência de áreas que são mais vulneráveis. Com isso, permitimos que essas famílias possam ter certeza de que terão alimento para seus filhos", destacou Raquel Lyra.

De acordo com a gestão estadual, só este ano, o Pernambuco Sem Fome ultrapassou a marca de R$ 2,3 milhões de refeições servidas à população que mais precisa. A atual gestão já entregou 65 equipamentos deste tipo.

"O Governo do Estado tem ampliado o orçamento da assistência social, dobrando o repasse aos municípios, para chegar na ponta, onde estão as pessoas que precisam ser assistidas. E as cozinhas comunitárias são fruto de uma importante parceria entre o Estado, que equipa e destina o cofinanciamento de R$ 20 mil por mês, e o município, que realiza a distribuição das refeições e faz o cadastramento da população via CRAS", explicou o secretário de Desenvolvimento Social, Criança, Juventude e Prevenção à Violência e às Drogas, Carlos Braga.

“Agradeço, mais uma vez, ao Governo do Estado, à nossa governadora Raquel Lyra, que está sempre presente aqui. São mais de 200 famílias que serão impactadas diretamente nesse primeiro momento. Ganhamos uma cozinha acolhedora em parceria com o Governo do Estado para enfrentar a fome e a pobreza, com trabalho, com entrega e com respeito à população”, disse a  prefeita de Bezerros, Luciele Laurentino.

A dona de casa Eliana Galdinho da Silva, de 29 anos, comemorou a instalação da cozinha. "Ganho o Bolsa Família e divido o valor entre aluguel e alimentação. Agora, recebendo a refeição todo dia, já conto com uma ajuda importante. Posso ter certeza que a comida não vai faltar na nossa mesa", disse.

Cozinhas Comunitárias

Além de Bezerros, já foram inauguradas, nos últimos meses, cozinhas comunitárias nos municípios de Tamandaré, Orobó, Araçoiaba, Granito, Itapissuma, Trindade, Triunfo, Vicência, Cupira, Lajedo, Paulista, Parnamirim, Altinho, Serrita, Floresta, Flores, Pesqueira, Verdejante, Sertânia, São Joaquim do Monte, Águas Belas, Feira Nova, Jaqueira, Venturosa e Machados.

MAIS NOTÍCIAS DO CANAL